sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Convivência e xadrez

A maturidade ensina que devemos aprender a lidar com pessoas cujo propósito de vida, geralmente, é prejudicar, de uma forma ou de outra, a vida daqueles com quem convivem.

Quando se é inexperiente, age-se mediante o princípio de Talião; com o passar dos anos, e as surras da vida, passa-se a encarar as coisas como um enxadrista.

O segredo para o sucesso, quando o assunto é xadrez, é antever a jogada do adversário; na vida, é aceitar o inimigo, buscando prever seu próximo passo.

No mais, na impossibilidade de desviar da rota de colisão, restam as orações para que Deus toque os corações desses humanos, a fim de que percebam o erro que cometem.