terça-feira, 31 de maio de 2011

Quem disse que é impossível, parte 3!

Não me canso de repetir a história bem sucedida da Mey... rsrsrs. Já é o terceiro post sobre ela, rsrsrsrs.

Mas sabe por que? Ela é um exemplo, e o "cala a boca" para quem diz que não consegue fazer dieta, não gosta de atividade física, tem filhos, etc. etc. etc.

Hoje, temos fotos que ela postou no blog, o Diário da Mey. Sim, é possível minha gente!!! (tenho duas leitoras cuja silhueta estão próximas da foto do "antes"... vamos mudar isso???).



Dica da Vanessa Patrício para usar listras horizontais

Hoje recebi uma dica preciosíssima e, claro, tinha que compartilhar. A Vanessa Patrício, blogueira que atualmente reside em Dubai (nos Emirados Árabes), tem sempre dicas supimpas... e tem ainda fotos "clandestinas" (leia-se: tiradas sem autorização da loja. Afinal, loja nenhuma autoriza, mas a gente fotografa mesmo assim, hahahaha).

Quem aí não tem uma blusa com listras largas na horizontal? (alô, mãe? essa é para você )

Pois bem, antes de condenar a peça à doação, repense, rsrsrs. Dá para "minimizar o estrago" com um cardigã, um terninho, enfim. Desde que seja escuro, ok?

Para ilustrar, fotos e texto da própria Van. Ah! O blog dela é o Vanessa Patrício Moda e Beleza.

A listras largas na horizontal engordam muiiiiito!  Solução:  blazer ou casaquinho escuro para criar o efeito inverso com as linhas verticais  que formam !!!! SmileIMG_1704

Olha as listras engordantes sendo assassinadas por um blazer na Mango também…IMG_1657


Fonte: Vanessa Patrício Moda e Beleza


--
Tatiana Lambert.

"A perseverança é o grande agente do êxito". (G. Dargan)

***Por favor pense na sua responsabilidade ambiental antes de imprimir este e-mail.
Há cada vez menos árvores no nosso Planeta!***

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Nunca é tarde

Sim, eu estou certa de que a minha "criança interior" se recusa terminantemente a aceitar os fatos: "estamos" à beira dos trinta (estou com fobia dos numerais "três" e "zero", por isso a escrita por extenso, hahahaha).

Sempre, aliás, antes mesmo de ter RG e inscrição no CPF, rsrsrsrs, fui apaixonada por bichos de pelúcia. Até hoje, tenho uma relíquia: um Ursinho Carinhoso (creio que seja o Campeão, pois a barriguinha contém uma etiqueta com uma taça), datado de 1987. Sim, meus caros, peça de museu (ou de chacota naquelas festas tipo "Vinte e Poucos Anos" ou "Na Casa dos Trinta").

Devo confessar que, na época das bichinhos da Parmalat, sob nenhuma hipótese havia outro leite/biscoito recheado/leite condensado/creme de leite; tudo pelos malditos códigos de barras, rsrsrsrs. Hoje, estão todos amontoados num imenso saco plástico preto, pelo bem da minha saúde (depois dos vinte, tornei-me alérgica).

Ganhei de um ex-namorado dois imensos exemplares, mais uma almofada de coração, que após o término do relacionamento, foram devidamente remanejados. Destino? Afilhada n.º 1: Vitória.

O fato é que sexta-feira ganhei um imenso cachorro, à "imagem e semelhança" da Luna. Vejam isso:
Oi! Eu sou o Théo.

O mais significativo de tudo isso foi a forma como tudo foi preparado: pétalas de rosa sobre a cama, e um embrulho de celofane transparente, com desenhos de coração, um imenso laço de fita, e um cartão absolutamente sensacional.

Claro, eu preferia uma aliança e um pedido de casamento. Mas, como eu já esperava qualquer coisa que não fosse a aliança, contentei-me e fiquei feliz. Manda a psicologia do incentivo que, se você deseja que alguém repita um comportamento, deve elogiar bastante. Foi o que eu fiz, mas deixando subliminar a informação: "- Olha, eu amei! Depois da aliança, esse foi o presente mais significativo que você me deu."

E como a "criança-interior" adora momentos assim, o Théo passeou à beça... para onde eu ia (de carro), ele ia junto (e ficava DENTRO do carro). Dormiu comigo, voltou no ônibus sobre o meu colo, enfim. Agora, repousa sobernamente sobre a minha cama. Até quando a alergia for complacente com a existência dele na minha vida, rsrsrs.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Esmalte da semana: Metal Glam, da Impala

Moribunda, sim; desleixada, jamais! kkkkkk

Essa semana, pé e mão com a mesma cor: Metal Glam, da coleção Impala SPFW. Maaaaaaaas, como não podia deixar de ser, em se tratando de Tatiana, há um diferencial: francesinha nas unhas das mãos, feitas sobre o referido esmalte, com outro da mesma coleção: Na Mira 3D.

Quando olho para as unhas da mão, inevitavelmente lembro de doces com cobertura de açúcar. Sim, porque ficou nessa vibe, rsrsrs. Vou tentar tirar uma foto e postar depois, tá? Por enquanto, vamos ficar com a imagem da coleção SPFW (inclusive, creio que já havia postado imagem semelhante):


Justiça e sensibilidade

Complementando o post anterior, recebi um e-mail da minha madrinha, sobre uma decisão judicial que deve servir de reflexão... Nessas horas, faz todo sentido do mundo ser advogada...

TJSP reafirma que beneficiário da justiça gratuita tem o direito de escolher o advogado

11/05/2011 08:04
 
       O Tribunal de Justiça de São  Paulo, através de voto proferido pelo desembargador José Luiz Palma Bisson, em Recurso de Agravo de Instrumento (nº 1001412-0/0 – 36ª Câmara) ajuizado contra despacho de um Magistrado da cidade de Marília (SP), que negou os benefícios da Justiça Gratuita a um menor, filho de um marceneiro que morreu depois de ser atropelado por uma motocicleta. O menor ajuizou uma ação de indenização contra o causador do acidente pedindo pensão de um salário mínimo mais danos morais decorrentes do falecimento do pai.
       Por não ter condições financeiras para pagar custas do processo o menor pediu a gratuidade prevista na Lei 1060/50. O Juiz, no entanto, negou-lhe o direito dizendo não ter apresentado prova de pobreza e, também, por estar representado no processo por “advogado particular”. A decisão proferida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a partir do voto do Desembargador Palma Bisson é daquelas que merecem ser comentadas, guardadas e relidas diariamente por todos os que militam no Judiciário.
      
Transcrevo a íntegra do voto:

“É o relatório. Que sorte a sua, menino, depois do azar de perder o pai e ter sido vitimado por um filho de coração duro - ou sem ele -, com o indeferimento da gratuidade que você perseguia. Um dedo de sorte apenas, é verdade, mas de sorte rara, que a loteria do distribuidor, perversa por natureza, não costuma proporcionar. Fez caber a mim, com efeito, filho de marceneiro como você, a missão de reavaliar a sua fortuna.

Aquela para mim maior, aliás, pelo meu pai - por Deus ainda vivente e trabalhador - legada, olha-me agora. É uma plaina manual feita por ele em pau-brasil, e que, aparentemente enfeitando o meu gabinete de trabalho, a rigor diuturnamente avisa quem sou, de onde vim e com que cuidado extremo, cuidado de artesão marceneiro, devo tratar as pessoas que me vêm a julgamento disfarçados de autos processuais, tantos são os que nestes vêem apenas papel repetido. É uma plaina que faz lembrar, sobretudo, meus caros dias de menino, em que trabalhei com meu pai e tantos outros marceneiros como ele, derretendo cola coqueiro - que nem existe mais - num velho fogão a gravetos que nunca faltavam na oficina de marcenaria em que cresci; fogão cheiroso da queima da madeira e do pão com manteiga, ali tostado no paralelo da faina menina.

Desde esses dias, que você menino desafortunadamente não terá, eu hauri a certeza de que os marceneiros não são ricos não, de dinheiro ao menos. São os marceneiros nesta Terra até hoje, menino saiba, como aquele José, pai do menino Deus, que até o julgador singular deveria saber quem é.

O seu pai, menino, desses marceneiros era. Foi atropelado na volta a pé do trabalho, o que, nesses dias em que qualquer um é motorizado, já é sinal de pobreza bastante. E se tornava para descansar em casa posta no Conjunto Habitacional Monte Castelo, no castelo somente em nome habitava, sinal de pobreza exuberante.

Claro como a luz, igualmente, é o fato de que você, menino, no pedir pensão de apenas um salário mínimo, pede não mais que para comer. Logo, para quem quer e consegue ver nas aplainadas entrelinhas da sua vida, o que você nela tem de sobra, menino, é a fome não saciada dos pobres.

Por conseguinte um deles é, e não deixa de sê-lo, saiba mais uma vez, nem por estar contando com defensor particular. O ser filho de marceneiro me ensinou inclusive a não ver nesse detalhe um sinal de riqueza do cliente; antes e ao revés a nele divisar um gesto de pureza do causídico. Tantas, deveras, foram as causas pobres que patrocinei quando advogava, em troca quase sempre de nada, ou, em certa feita, como me lembro com a boca cheia d'água, de um prato de alvas balas de coco, verba honorária em riqueza jamais superada pelo lúdico e inesquecível prazer que me proporcionou.

Ademais, onde está escrito que pobre que se preza deve procurar somente os advogados dos pobres para defendê-lo? Quiçá no livro grosso dos preconceitos...
Enfim, menino, tudo isso é para dizer que você merece sim a gratuidade, em razão da pobreza que, no seu caso, grita a plenos pulmões para quem quer e consegue ouvir.

Fica este seu agravo de instrumento então provido; mantida fica, agora com ares de definitiva, a antecipação da tutela recursal.

É como marceneiro que voto.

JOSÉ LUIZ PALMA BISSON - Relator Sorteado”

Clique aqui e acesse o acórdão original.
(Fonte: http://rodrigocarvalhosouza.blogspot.com/)

A profissão e os abraços

Já mencionei aqui, inúmeras vezes, que nem sempre estou satisfeita com a profissão que abracei. Há momentos em que quero guardar num baú o diploma, os conhecimentos dos bancos da faculdade e da lida diária, para me aventurar em mares por onde nunca estive, e por isso mesmo são tão tentadores.

Desde que estive em São Luis/MA, entre os dias 18 e 20 de maio de 2011, vivenciei experiências difíceis de traduzir em palavras, tamanho o impacto que exerceram sobre mim. Para quem não sabe, estive por lá para comparecer ao mutirão 2011 da Justiça Federal, visto que o foco do escritório é o patrocínio de causas previdenciárias, mormente aquelas em que são parte os sofridos agricultores, dos mais longínquos e esquecidos rincões deste país.

Pois bem, eu, que adoro as facilidades da contemporaneidade, da tecnologia, do acesso à informação em tempo real, da moda e de um sem-número de futilidades também, convivi por 2 dias com senhores e senhoras cujo semblante é a maior prova dos anos sob o sol e as mais adversas condições; muitos sequer sabem ler, escrever, e dependem de terceiros até para se deslocar com segurança.

Inicialmente, quando cheguei ao local das audiências - um ginásio coberto, quente à beça - preocupei-me com o fato de usar terno naquele calor, com o cabelo e a maquiagem. Passados trinta, quarenta minutos, descobri que aquela experiência seria, positivamente falando, inesquecível. Para mim, advogada, eram tão-somente audiências, nas quais eu teria de convencer o juiz e o procurador do INSS, através de provas documentais e testemunhais, do direito do meu cliente.

Só que para essas pessoas, aquela era uma oportunidade única e divisora de águas, representando a possibilidade de poder prover o sustento da família com uma renda de R$ 545,00 mensais, e diminuir a dependência da lida exclusiva no campo. E aquelas horas em que convivi com cada um deles foram inacreditáveis.

Para resumir, uma das histórias: uma senhora que pedia aposentadoria por idade rural, e já estava no ginásio desde as 7h, para uma audiência a ser realizada às 10h40. Mesmo com a demora (a audiência só aconteceu às 13h!), ela mantinha um sorriso apreensivo, e questionava se tudo terminaria bem. Comeu as bolachas cream-cracker que lhe foram entregues pelos homens do exército (estavam lá para apoiar a organização), e tomou o suco de uva (cheio de corantes e açúcar). Esperou, esperou, e quando eu, numa das muitas vezes em que reclamei da demora (preocupada, principalmente, com aqueles idosos no calor, aguardando uma eternidade), ela disse: "quem anda, chega; quem espera, alcança". Emudeci.

Lá pelas 13h, ela foi inquirida pela juíza, e enquanto a testemunha era ouvida, uma chuva torrencial teve início. O barulho era ensurdecedor, muita água caindo sobre as telhas de amianto, quase não se ouvia perguntas e respostas do depoente. Quando o primeiro trovão estrondou, ela, sentadinha numa cadeira no canto da sala, encolheu-se e cruzou os braços sobre o peito, fechou os olhos e seu rosto ficou retesado, numa expressão de medo!

O outro advogado estava presidindo a audiência, e eu estava ao lado... levantei e fui até ela, segurei sua mão. Como eu estava em pé, ela encostou a cabeça na lateral do meu corpo e disse que sempre teve medo de trovões, desde criança. Fiquei ali, imóvel, enquanto ela tremia inteira de medo, a cada vez que a sala improvisada tremia...

A chuva cessou, a audiência terminou, e não estamos certos de que a juíza julgará o processo a favor da D. Atelvina. Mesmo assim, ao sair da sala, ela me abraçou, agradeceu e foi embora. Por sinal, esse não foi o único abraço que recebi, nos dois dias de audiência. E por isso mesmo, sinto que mudei... 

É mesmo incrível o poder do afeto.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Agonia matinal

Aparentemente, não há explicação para o que me acometeu assim que cheguei ao escritório essa manhã. Da cintura para baixo, sinto um misto de peso, incômodo, dor e cansaço.

(Ah, não havia água mineral quando cheguei, rsrsrs, então creio que tenha sido um fator agravante.)

Dois processos reclamam petições, e eu mal consigo coordenar as ideias para digitar esse post... sonho com a minha cama, tão acolhedora, e o silêncio do quarto que convida a esquecer o mundo lá fora...

(Uma gentil colega de trabalho acaba de me trazer a garrafinha com esse precioso líquido revigorante, rs. Valeu Vivi!)

A sede vai passar, o cafezinho mágico está em vias de ficar pronto, e assim, espero que o dia, enfim, comece. Vai preguiça, doença, sei-lá-o-que-me-acomete, vai embora, vai...

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Outro presente recebido ontem

Ontem, creio que fiquei tão enebriada com a pedra do anel que acabei esquecendo: ganhei outro! rsrsrsrs

Tão lindo quanto, carinhosamente dado, da mesma forma, pela mesma pessoa: Socorro.

Quanto à vontade de ganhar um mimo do latino-americano, rsrsrs, deixa para lá... é quase como querer que os bebês nasçam falando ou andando, rsrsrsrs.

Dica cheia de interesse

Lendo o blog da Dra. Luciana (Minha pele é melhor que a sua), vi um link para outro blog (Ideias de presente), que por sua vez me remeteu a outro blog (Euroresidentes).

Neste último, encontrei ideias de presentes para geminianos (oi? meu niver é dia 07/6, tá? #ficaadica). Alguns, concordo, outros... bem... rsrsrs

Para quem se empolgar, rsrsrs, vou logo avisando: meu niver cai numa terça, a professora do pilates vai tentar remarcar a aula que cai justo nesse dia!!! Não planejei recepção lá em casa, nem pretendo. Mas, quem me conhece sabe, adoro festa (surpresa) e presentes, kkkkkkkkkkkkkk. Só lembrando que no dia do niver a dieta vai para o brejo com orgulho e sem preconceito, kkkkkkkkkkk, então vale aquela torta de chocolate com crocante, uma torta de frango caprichada, canudinhos (muitos!!!), e a calabresa acebolada que só o tio Jorge sabe fazer!

Ó só, rsrs, se quiser me dar um IPhone, ou um IPad, fique à vontade... sou apaixonada por tecnologia!  :) Assim, perfumes e hidratantes estão fora dessa lista porque eu andei exagerando há algum tempo, e preciso "dar cabo" do que tenho... Lembrando: odeio verde, srsrsrsrs, adoro lilás, roxo, púrpura e tons afins.

Presentes para homens de Gêmeos
Presentes para mulheres de Gêmeos
Um telefone móvel com todo tipo de aplicações - fotos, vídeos, gravadora, agenda.....Uma pulseira original, um relógio atraente ou um anel
Um fim de semana com amigos numa casa ruralUma agenda ou uma livreta bonita para escrever notas e listas
Entradas a um parque temático tipo Port Aventura ou DisneyUma festa surpresa com todos os seus amigos e familiares. Quanto mais convidados, mais ela desfrutará
Um passeio de balãoUm DVD de uma história romántica
Uma assinatura de uma revista de esportesAcesso à Internet
Uma camisaUm rádio ou uma televisão nova
Um livro de sudokuAulas de piloto (de avião)
Entradas para um acontecimento esportivo de grande importânciaUma viagem à Nova York
Uma jaquetaA assinatura de uma revista para mulheres
Uma caneta Entradas a um show ou um musical
Qualquer tipo de jogo de playstation (preferencialmente um que seja de dois jogadores)Uma Wii ou um Karaoke
Um espelhoUm artigo de decoração para casa - velas bonitas, um vaso, uma planta
Um cavaloUma colônia especial
Um jogo de boliche ou petanca
Um jogo como Trivial ou Pictionary

Não costumo postar os comentários...

... mas esse, achei tão fofo, tão meigo, que resolvi compartilhar com vocês. É da Socorro, de quem ganhei o anel looooooooooooooosho, ryco, rsrsrs.

"Oh Taty, não faça assim, minha emoção é à flor da pele. Tenho certeza que o 'rapazlatinoamericano' não chegará depois, pois ele já chegou bem antes em sua vida, e permanecerá se, solamente se, para felicidade plena de suas vidas...e isto estar entregue a Deus!!!
Beeeijo, amei...adoro pessoas sensíveis iguais a vc..que descobrem o belo no universo do simples, simples? simplório, não?
Porém amizade, carinho, respeito são sentimentos nobres...que estão por trás do mimo."

terça-feira, 24 de maio de 2011

Ganhando presente e revendo conceitos

(Apesar da imagem da câmera do BlackBerry não fazer justiça à beleza real do artefato, é possível ter uma noção da imponência! rsrs)

O bom de chegar à casa dos trinta é justamente rever certos conceitos... lembro-me bem das inúmeras vezes em que vi mulheres usarem anéis - alguns eram jóias, inclusive - e dizia a mim mesma que jamais usaria acessórios em tamanhos, digamos, fora do "padrão".

Entram no "conceito" os colares, brincos, pulseiras, tudo extremamente vistoso, rsrsrs. Inclusive, já há algum tempo, tenho incentivado pessoas próximas (oi mãe, oi tia Val, essa é para vocês, rsrsrs) a quebrar esses paradigmas. Essa coisa de "tudo combinadinho", hummm, super já foi. Por falar nisso, estava flanando por entre as gôndolas da Renner, mais especificamente a de meias-calça, quando duas jovens escolhiam biquinis ali, ao lado. Uma delas pegou as partes de estampas diferentes, porém com cores coordenadas entre si, e rindo, disse à outra que não tava com nada esse negócio de combinar; olhou para mim e riu, e perguntou: - Não é verdade?

(Parênteses: acho que já mencionei aqui que, de uns tempos para cá, sempre que estou nas lojas alguém me pede opinião...)

Bom, eu sorri e concordei, para a felicidade da "subversiva"; e estranheza da colega dela.

Voltando ao assunto do post: daí justo hoje, no dia em que um certo rapaz latino-americano-sem-$$-no-banco-sem-parentes-importantes* deveria me presentear, quem saiu na frente foi uma queridíssima colega de trabalho: Socorro.

Sem mencionar, e já mencionando, rsrs, o anel é oriundo do Rio de Janeiro, para onde minha queridíssima deslocou-se na última quinta-feira, a fim de assistir Paul, o ex-Beatle. Ainda enebriada com a simplicidade do dito - atestada por ela mesma - a fofa chegou serelepe, como de costume, com o "mimo" de presente. Lógico, foi diretinho para o meu dedo médio da mão esquerda. Aos vistos, permanecerá por um bom tempo. Estou in love!

*música do Belchior, "Apenas um rapaz latino-americano".

Romântica

Porque hoje estou ainda mais romântica que o habitual... rsrsrsrs

"Passamos a amar não quando encontramos uma pessoa perfeita, mas quando aprendemos a ver perfeitamente uma pessoa imperfeita." --San Kenn

"Somos moldados e guiados pelo que amamos." --Johan Wolfgang von Goethe 


"O amor é o fluxo imortal de energia que nutre, prolonga e preserva. Sua meta eterna é a vida." --Smiley Blanton

"O amor não conhece sua própria intensidade até a hora da separação." --Khalil Gibran, em "O Profeta"

Há 3 anos...

Imagem daqui
"O poder da vontade não transforma o homem. O tempo não transforma o homem. O amor transforma". (Paulo Coelho)

Isso tudo porque, há exatos 3 anos, um acontecimento mudou irremediavelmente a minha vida. A despeito das expectativas, das frustrações, de tudo o mais que aconteceu, posso dizer com certeza que hoje sou uma pessoa melhor.

Que as alegrias simples, cotidianas, sejam o alimento para esse amor; e que ele perdure, frutifique, espalhe perfume pelo ar...

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Frase do dia!

"Mulheres bem comportadas dificilmente fazem história."  
Laurel Thatcher Ulriche, historiadora, professora de Harvard

E aí, ainda quer mais algum motivo para ser diferente do "padrão"??? ;)

Faltam 15 dias

O famigerado mês das noivas está em vias de findar, e o mês das festividades juninas aí, às portas. Em anos anteriores, maio seria apenas o mês em que meus irmãos fazem aniversário, meu namoro idem, minha afilhada 2nd idem; e junho teria mais um aniversário (o meu, dia 7), o dia dos namorados, enfim...

Mas 2011 tem-se revelado cheio de surpresas... começou lá na serra, com uma cama e os respectivos lençóis, toalhas de banho e rosto, um garrafão de 5L d'agua em temperatura ambiente, e dois copos descartáveis. Chegou a fevereiro, resistiu a março e entrou em coma em abril. Foram dias difíceis, as you know.

Maio chegou "chegando", e com ele um tsunami de emoções conflitantes. Eu mudei, interna e externamente; era necessário, diga-se de passagem. Ainda em processo de adaptação a essa nova "eu"; confesso, entretanto, estou adorando, rsrsrs. Porém, o desenrolar dos dias vai encerrando o mês que precede os meus trinta anos. Sim, trinta; três-ponto-zero. (pausa para uma expressão de espanto, e um profundo suspiro)

Estou em pânico, ansiosa, um tanto quanto esquisita... quando eu era criança, imaginava que, aos 30, teria uma vida completamente diferente. Sinto-me como a garotinha de 13 anos que, como o próprio título do filme, acorda um dia e tem, "De Repente, 30". Muito louco tudo isso.

Enfim... até o próximo dia 07, podem aguardar muitos posts sobre reflexões acerca da [minha] vida... rsrsrsrs. Afinal, são 30 primaveras!

"Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável."

FELICIDADE REALISTA
Por Martha Medeiros

A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.

Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis.

Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.

E quanto ao amor? Ah, o amor.. não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes  inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos  sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o que dá ver tanta televisão.

Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista.
Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você  pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um  parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção.
Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo.
Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado.
E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.
Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato,
amar sem almejar o eterno.

Olhe para o relógio: hora de acordar.
É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza,
instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente.
A vida não é um jogo onde
só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade.

Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se.
Invente seu próprio jogo.

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça de que a  felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração.
Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade...

domingo, 22 de maio de 2011

Esmalte da semana: Isabeli, da Risqué

People, o esmalte da semana é Isabeli, da Risqué. Adorei!

Bom, vasculhando blogs que sigo, vi que a Mi, do Feminices, postou foto usando o mesmo esmalte, ehehehe. Poupo vcs das fotos toscas, tiradas com o Blackberry, rsrsrs. A fotinho abaixo é da Mi:


Imagem daqui

terça-feira, 17 de maio de 2011

Licença aê, rsrs

Com licença, meus caros leitores, mas estou "me sentindo" agora, kkkkkkkkkkkkkk. Posso me dar ao luxo de dizer que tenho um comentário no blog, diretamente de Amsterdan.

Chique, eu?! Imagine! (cof! cof!)

Devo confessar que o comentário é do meu amigo - e comentarista-mor deste humilde blog,- que acaba de desembarcar, na época da primavera, por aquelas bandas, com lindos campos de tulipas (minhas flores favoritas, by the way!). 

Amigo querido, aproveite!!! Saudações à Renata :) Ah! e fotos com tulipas, please, para matar a amiga (ruiva) de inveja (branca)!

Amizade (por Mauricio de Souza)

Recebi, via e-mail, da queridíssima Natália Chagas, com quem tive a honra de trabalhar... apesar de terem sido tempos difíceis naquele-lugar-cujo-nome-não-se-menciona, sempre conseguimos bons momentos juntas, hein amiga?

O interessante é que os quadrinhos retratam como a amizade é cheia de nuances, e nem todos os momentos são de flores e chamegos. Mas na hora do "vamos ver", sabemos com quem podemos contar.

Espero que tenham gostado!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Flagrantes do desespero, a origem!

#aloucasupersticiosaparte32 - a missão!

kkkkkkkkkkkkk, já postei uma vez o "flagrante do desespero": duas fotos do casamento da Fernanda, apontando para o meu nome grampeado na barra do vestido.

Hoje, a Flavinha encontrou a foto na qual eu apareço apontando meu nome, na barra do vestido dela...

Sim, meus caros, a Flavinha casou em out/2009, a Nanda, em jan/2011. 15 meses de diferença, e o nome da Nanda estava igualmente na barra da Flávia, kkkkkkkkk. Bom, se o precedente se confirmar, as coisas ainda demorarão, deixem-me ver, 11 meses.

Não peçam explicações, rsrsrsrs, o post é de esperança e, ainda por cima, autoexplicativo (Fernando, a grafia está correta?).

Esmalte da semana: Psico


Para quem aprecia esmaltes, creio que esse vá causar furor! Por sinal, essa coleção da Isabeli Fontana - Sweet Rock - para Risqué, tem cores bem diferentes, rsrsrs. Já usei o Tattoo, e essa semana optei pelo Psico. Claro que a foto, tirada com o Blackberry, não faz justiça alguma!

A cor é tão linda, um roxo-violeta-azulado tão incrível, que até mamis "se jogou" rsrsrsrs. 

Os pés, como não poderia deixar de ser, tem outra cor: Verde militar, da coleção SPFW, Impala. É meio cor de cimento, rsrsrs, com um leve toque esverdeado. Sim, mais cinza que verde propriamente dito. 

Próxima semana mamãe pretende ousar: vai de Preto fosco com francesinha dourada... Lara, amiga, preciso do vidrinho de volta, hahahahahaha.

O POVO Online - Política - Buraqueira sem fim na BR-222

O POVO Online - Política - Buraqueira sem fim na BR-222

Buraqueira sem fim na BR-222

Fonte: O POVO Online/OPOVO/Politica

(6) Envie seu comentário

Foi de forma criativa que Cid Gomes e centenas de apoiadores protestaram contra a precária situação das BRs que cortam o Ceará. Um rali percorreu 102 km de uma estrada que há tempos não recebe manutenção

16.05.2011| 01:30

0



Rali na BR-222 mostrou a realidade preocupante de uma das principais rodovias do estado. Agora, população e governador esperam ações efetivas do Ministério dos Transportes (FOTO RAFAEL CAVALCANTE)
Rali na BR-222 mostrou a realidade preocupante de uma das principais rodovias do estado. Agora, população e governador esperam ações efetivas do Ministério dos Transportes (FOTO RAFAEL CAVALCANTE)

O evento havia sido divulgado pelo chefe do Executivo no último dia 7, durante o Governo Itinerante na cidade natal de Cid, quando ele fez críticas diretas ao ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR), pelo descaso com as rodovias federais no Ceará.

A concentração começou cedo, por volta das oito horas da manhã. Mas o “1º Rally na BR 222” só começou duas horas e meia depois, com a chegada do governador Cid Gomes (PSB) ao município de Sobral.

Cerca de 100 carros acompanharam em comboio os 102 km do rali, que pretendia, segundo o idealizador do evento, Wellington Macedo, “chamar a atenção” dos dirigentes do Ministérios dos Transportes e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para as péssimas condições em que se encontra a BR 222, principal rodovia que dá acesso à Região Norte do Estado.

“Pode parecer mentira, mas há dez anos eu já havia participado de uma manifestação na mesma BR, com queima de pneus na pista, para reivindicar a restauração da rodovia e nada foi feito de lá para cá”, criticou Macedo.


Críticas

Dirigindo um veículo 4x4, ao lado do prefeito de Sobral, Veveu Arruda (PT), o governador fez uma parada no município de Irauçuba, onde foi recebido com festa pela população.

Lá, Cid reafirmou as críticas ao ministro e disse que a culpa pelas péssimas condições das BRs no Estado são de “exclusiva” responsabilidade do Ministério dos Transportes e do Dnit.

Quanto à queixa-crime impetrada pelo ministro contra o governador, Cid disse que “as divergências, que existem e são claras, entre a pessoa física de Cid Gomes e a pessoa física do ministro (Alfredo Nascimento) vão ser resolvidas no Superior Tribunal de Justiça (STJ)”.

“Eu conheço a pessoa (ministro) de algum tempo atrás e eu vou mostrar lá no Tribunal quem ele é. O que ele não pode é tentar tirar o foco da realidade das estradas”, disparou.

No entanto, ao destacar que não queria transformar o problema em “bate-boca” entre ele e o ministro, o governador afirmou que aquela era uma manifestação pacífica, criativa e bem humorada. “Como cearense, estou me somando às pessoas nesse protesto”, ponderou.

O governador lembrou, ainda, que o fato de ele ter ido ou não ao Ministério para cobrar uma ação do órgão, não exime o ministro da responsabilidade com as estradas federais que cortam o Ceará.

Ao chegar ao município de Itapagé, Cid Gomes frisou que a ação não era um “proveito político”, e anunciou que o Governo do Estado vai investir, de junho a dezembro deste ano, R$70 milhões somente em manutenção nas rodoviais estaduais.

Por quê

ENTENDA A NOTÍCIA

O péssimo estado das BRs cearenses provocou uma crise entre Cid Gomes e o ministro Alfredo Nascimento. O governador acusou o ministro de corrupto e inepto. Em resposta, Nascimento foi à Justiça pedir a prisão de Cid.

BASTIDORES

Uma multidão esperava o governador Cid Gomes (PSB) no município de Itapagé, onde um palanque estava montado para abrigar a final da “competição”. Ao invés de servir para premiação, o palanque aglomerou deputados estaduais, federais e lideranças políticas da região.

Dentre os políticos presentes estavam os deputados estaduais Roberto Cláudio (PSB), que é presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PSB), Ferreira Aragão (PDT), Edísio Pacheco (PV), Bethrose Fontenele (PRP), além do deputado federal Padre Zé Linhares (PP) e dos secretários de Turismo, Bismark Maia e de Infraestrutura, Adail Fontenele.

Como os holofotes do evento estavam voltados para a presença do governador, o troféu que seria destinado ao Ministério dos Transportes e Dnit acabaram não sendo entregues pelos organizadores do evento.

Os dizeres dos troféus eram: “Parabéns pela sua contribuição nos 276 óbitos em 3.779 acidentes registrados nas BRs do Ceará em 2010”.

A primeira dama do Estado, Maria Célia Habib Ferreira Gomes, esteve presente durante todo o trajeto e vestiu a camisa do rali. Ele esteve ao lado do governador também no alanque, onde distribui acenos a população.

O prefeito de Sobral, Veveu Arruda (PT), aproveitou a ocasião para defender o governador Cid Gomes das críticas do ministro dos Transportes. De acordo com Arruda, quem tem “problemas com a Justiça” é Alfredo Nascimento e não Cid. “Ele (o ministro) não pode criar fantoches para distorcer a realidade”, criticou.

Ranne Almeida
ranne@opovo.com.br

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Resultados do combo "R.A.+tratamentos estéticos"

Desde que me tornei assinante da Boa Forma, e olhem que já faz um tempão, rs, sempre torci o nariz quando lia histórias sobre emagrecimento, aliadas a sessões de massagens, tratamentos estéticos e afins. Costumava pensar "hummm, com essa po$$ibilidade, até eu fico como a Angélica, rsrsrs".

Eis-me aqui, beneficiária dos tais tratamentos, feliz da vida com os resultados... tipo assim, do que eu lembro das medidas aferidas na quarta-feira, posso afirmar que 8 sessões, para mim, operaram milagres. Lá se foram 5cm de cintura!!! Sem falar na medida dois dedos acima do umbigo, e dois abaixo... se a memória não me trai, foram embora 6cm acima, 3 ou 4 abaixo.

A balança, como já disse noutro post, acusa -4,3kg. Mas em termos de medidas, a combinação de reeducação alimentar e tratamentos foi bem sucedida! As calças jeans, antes apertadas, agora servem e com folga razoável. Umas 3 ou 4, que há pelo menos 3 anos não serviam nem com reza brava, fecharam com louvor! As calças sociais, bem, perdi 3 novinhas, outras 2 nem tão novas assim. O bom é entrar em roupas que antes sorriam sarcasticamente a cada abertura das portas do guarda-roupas.

A louca aqui, em noites nas quais deveria estar caminhando, experimento pilhas de vestimentas guardadas há tempos. Uma ou outra ainda não entra, ou não fecha... mas ao contrário do que ocorria antes da programação, quando eu comia para descontar a raiva por não conseguir vestir alguma, uso como meta para muito, muito breve.

Eu hei de vestir todas essas roupas, outrora apertadas... reformar as que serviam no ápice do peso... e comprar calças 40!!!!!!!! hahahahahahahahaha. (vejo-me, agora, rindo como o Mutley).


quinta-feira, 12 de maio de 2011

A BR-222

Ontem, li qualquer coisa, ou melhor, vi uma manchete sensacionalista, com a foto do distinto Governador, sobre supostas rusgas entre este e o Ministro dos Transportes...

Hoje, ouvi no rádio que o chefe do Executivo estadual foi à Brasília, explicar-se, e com o apoio da bancada cearense, cobrar providências para a situação das estradas federais que cortam o Ceará.

Bom, para quem não sabe, a BR-222, que vai à Sobral, é inexistente; sim, porque com tantos buracos absurdamente grandes, atestar a inexistência não é mentira. 

Para fechar o assunto, a charge contextualiza uma realidade... há que se ter cautela, muita por sinal, para trafegar pela rodovia...

Imagem daqui

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Quem disse que é impossível? Parte 2, rs

Quem lembra da Mey, que falei no post "Quem disse que é impossível?", levanta a mão! \o/ \o/ \o/ \o/ rsrsrs

Hoje, no blog dela, tem post com a foto que também já mencionei... com inacreditáveis 80kg... e a foto que saiu na revista Shape desse mês de maio. 

Pedi licença para copiar aqui o post "Antes e Depois", publicado em 11/05/2011, aqui. Leia, e depois me diga se você ainda acredita MESMO que é impossível ;)

****************************************

Oláaaa !

Hoje amanheci meio cansada ... Ontem fui na academia e fiz

 amizade com uma moça ... ficamos papeando na esteira e

quando vi já tinha feito 1 hora a 6 km/h  e depois musculação.

Engraçado que com o passar do tempo naturalmente a gente vai

aumentando a carga dos aparelhos , iniciei glúteo na máquina com

2 kg e já estou com 5 kg e ontem completei 2 meses na academia

convencional , estou adorando !! [ fazia Curves antes ].

Alimentação esta excelente , cardápio com foto AQUI.

Antes e Depois


Confesso que não me reconheço na primeira foto ... Eu não estava apenas

gorda, faltava vaidade !!

Devaneios

Não aguento, tenho que falar: i hate this place. Sim, O-D-E-I-O! Sem paciência para a má educação dos colaboradores, especialmente no tocante ao uso de áreas comuns no escritório. De saco cheio da volatidade do humor de uns e outros, aborrecidíssima com o machismo imperioso.

Ontem, Natália e eu divagávamos acerca do sonho de poder não exercer atividade remunerada. Sim, e nos meus devaneios, cheguei a imaginar a cena: acordar por volta de 7h30, tomar um suco, ir à academia onde um personal trainer estivesse aguardando para a aula; retornar lá pelas 9h, tomar um saudável café da manhã, checar as notícias do dia, orientar a secretária sobre as atividades domésticas, programar a ida ao supermercado a fim de adquirir frutas, verduras e legumes frescos para o almoço e lanche da tarde.

Retornar, almoçar, descansar cerca de meia hora, e então poder ir ao cursinho preparatório para concursos. Sim, porque na minha "vida programada", o fato de não precisar me preocupar com o sustento mensal proporcionaria a tranquilidade necessária para estudar, visando uma carreira rentável e estável.


À noite, alternaria os cuidados com o blog, as atualizações bloguísticas, e um-ou-outro programa na tv, possivelmente gravado, visto que alguns dos meus favoritos é exibido em horário inconveniente. Antes de dormir, programaria o calendário do dia seguinte... talvez substitua a musculação por drenagens e Manthus, duas vezes por semana, rsrsrs.

Enquanto a vida real faz questão de rememorar suas chagas, sorrindo sarcasticamente por sobre uma pilha de processos, procuro ocupar a mente com mantras, na certeza de que o meu dia de "alforria" chegará, em breve. Até lá, haja água e café para engolir sapos, girinos, rãs, cururus, rsrsrs.

Por sinal, acabei de receber minha xícara de café quentinho... menos mal.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Nutricionista lista os dez piores alimentos para o corpo humano

Recebi o texto abaixo por e-mail, portanto, não atestei a veracidade das informações contidas; tampouco posso afirmar de quem é a autoria.

Publico aqui no blog porque creio que, de uma forma ou de outra, as informações procedam.

Os dez piores alimentos para o corpo humano

 

10º lugar: Sorvete. Apesar de existirem versões mais saudáveis que os
tradicionais sorvetes industrializados, a nutricionista Michelle
Schoffro Cook adverte que esse alimento geralmente possui altos níveis
de açúcar e gorduras trans, além de corantes e de saborizantes
artificiais, muitos dos quais possuem neurotoxinas – substâncias
químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso.

9º lugar: Salgadinho de milho. De acordo com Michelle, desde o
surgimento dos alimentos transgênicos, a maior parte do milho que
comemos é um "Frankenfood", ou "comida Frankenstein". Ela aponta que
esse alimento pode causar flutuação dos níveis de açúcar no sangue,
levando a mudanças no humor, ganho de peso e irritabilidade, entre
outros sintomas. Além disso, a maior parte desses salgadinhos é frita
em óleo, que vira ranço e está ligado a processos inflamatórios.

8º lugar: Pizza. A nutricionista Michelle destaca que nem todas as
pizzas são ruins para a saúde, mas a maioria das que são vendidas
congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa
artificiais e conservantes. Feitas com farinha branca, essas pizzas
são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando
aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.

7 º lugar: Batatas fritas. Contêm não apenas gorduras trans, que já
foram relacionadas a uma longa lista de doenças, mas também uma das
mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a
acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em
altas temperaturas. Além disso, a maioria dos óleos utilizados para
fritar as batatas se torna rançosa na presença do oxigênio ou em altas
temperaturas, gerando alimentos que podem causar inflamações no corpo.

6º lugar: Salgadinhos de batata. Além de causarem todos os danos das
batatas fritas comuns e não trazerem nenhum benefício nutricional,
esses salgadinhos contêm níveis mais altos de acrilamida, que também é
cancerígena.

5º lugar: Bacon. Segundo a nutricionista, o consumo diário de carnes
processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em
42% e de diabetes em 19%. Um estudo da Universidade de Columbia, nos
Estados Unidos, descobriu ainda que comer 14 porções de bacon por mês
pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas
ao órgão

4º lugar: Cachorro-quente. Michelle cita um estudo da Universidade do
Havaí, também nos EUA, que mostrou que o consumo de cachorros-quentes
e outras carnes processadas pode aumentar o risco de câncer de
pâncreas em 67%. Um ingrediente encontrado tanto no cachorro-quente
quanto no bacon é o nitrito de sódio, uma substância cancerígena
relacionada a doenças como leucemia em crianças e tumores cerebrais em
bebês. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear câncer
colorretal

3º lugar: Donuts (rosquinhas). Entre 35% e 40% da composição dos
donuts é de gorduras trans, "o pior tipo de gordura que você pode
ingerir", alerta a nutricionista. Essas substâncias estão relacionadas
a doenças cardíacas e cerebrais, além de câncer. Para completar, esses
alimentos são repletos de açúcar, condicionadores de massa artificiais
e aditivos alimentares, e contêm, em média, 300 calorias cada.

2º lugar: Refrigerante. Michelle conta que, de acordo com uma pesquisa
do Dr. Joseph Mercola, uma lata de refrigerante possui em média 10
colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína,
além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos. "Somente
isso já deveria fazer você repensar seu consumo de refrigerantes", diz
a nutricionista. Além disso, essa bebida é extremamente ácida, sendo
necessários 30 copos de água para neutralizar essa acidez, que pode
ser muito perigosa para os rins. Para completar, ela informa que os
ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são
despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo
refrigerante, enfraquecendo os ossos e podendo levar a doenças como
osteoporose, obesidade, cáries e doenças cardíacas.

1º lugar: Refrigerante Diet. "É a minha escolha para o pior alimento
de todos os tempos", diz Michelle. Segundo a nutricionista, além de
possuir todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões
diet contêm aspartame, que agora é chamado de AminoSweet. De acordo
com uma pesquisa de Lynne Melcombe, essa substância está relacionada a
uma lista de doenças, como ataques de ansiedade, compulsão alimentar e
por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor
torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e
enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade,
insônia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM,
cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte

"Os efeitos do aspartame podem ser confundidos com a doença de
Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus de
Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou
Gehrig, síndrome de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla, e
pós-pólio. É por isso que eu dou ao Refrigerante Diet o prêmio de Pior
Alimento de Todos os Tempos", conclui.


Esmalte da semana: vermelho de guerra, Impala SPFW


Esmalte da semana: Vermelho de Guerra, da coleção Impala SPFW. Minha opinião? Mais um esmalte vermelho... bonito, é verdade, mas me lembra algum outro que já usei... ;)

Os meus rímeis

Minha modesta "coleção" de rímeis.

Bem que eu queria ter a coleção invejável da Vic Ceridono (do blog Dia de Beauté), mas a minha é bem restrita... em verdade, creio que não adiante muita coisa ter zilhões de tubinhos sujeitos à ação do tempo, do clima... mas que eu queria ter, ah, isso é fato!

Vamos às explanações sobre cada um, da esquerda para a direita:

1. Coup de Theatre 2 en 1, Bourjois: esse fofinho foi o primeiro importado que adquiri, comprei pela Sacks e ganhei um demaquilante de brinde... a dica foi da Vivi, do Pop Topic. A "escovinha" separa e alonga direitinho, tanto que usei bastante e o bonitinho está nos finalmente, rs;

2. Define-a-lash, lavável, Maybelline: como o nome diz, ele é um excelente "definidor", rs. Não espere volume, não é o grande propósito dele. Mas se você quer cílios separadinhos, ele é ótimo!;

3. Define-a-lash, à prova d'agua, Maybelline: cumpre o que promete, em termos de fixação. Mesmo esquema do anterior. Só sai com demaquilante próprio para remover waterproof make. Não tente o tradicional shampoo para bebês, nem esfregue, pois ele "quebra" os cílios e não sai nem com reza brava;

4. YSL: ganhei de uma colega de trabalho, é verde, tem um cheiro maravilhoso, mas fora a embalagem luxo, ele não é muito eficiente...;

5. The Colossal, lavável, Maybelline: sem sombra de dúvidas, o melhor custo/benefício do mercado. Paguei cerca de R$ 17,90, no supermercado. Se o que você busca é definição, volume, cílios encorpados, ele é a solução, rsrsrs;

6. Givenchy, cor turquesa, à prova d'agua: comprei por curiosidade, na Dufry no aeroporto de Recife/PE. Ele tem aquela escovinha em forma de ouriço (uma bolinha), e a desastrada aqui sempre machuca o olho quando da utilização. Quanto à transferência de cor, só noto que é azul logo após a aplicação... depois, a impressão que dá é de que é um rímel preto comum. Caro, custou cerca de R$ 140,00.

Honestamente, o melhor rímel que já comprei foi o Colossal (da embalagem amarelinha). Claro, ainda não testei (por que$tões pe$$soais, rsrsrs), os Lâncome, Dior, etc. Comprar esse tipo de produto, no Brasil, é uma afronta à minha inteligência... os impostos quadruplicam o valor do produto, em comparação ao preço de mercado no exterior.

Bom, tem os rímeis da Avon, os primeiros que usei na vida. Nada contra, mas os Maybelline são infinitamente melhores, por um preço igual ou pouquíssimo superior. Vale a pena o investimento.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Quem disse que é impossível???

Vejam bem... toda mulher, invariavelmente, quer perder 3kg, rsrsrs. Só que, via de regra, faz pouco ou nada para alcançar esse objetivo. EU mesma! Quantas vezes fiquei furiosa por não conseguir vestir uma roupa, ou notar "saliências" por baixo da vestimenta???

Nesses muitos anos de desavenças com a balança, quantas vezes eu, de fato, tomei uma atitude (ok, não conta chorar, espernear, ficar com raiva de mim, das roupas e do mundo)?

Depois desse "fundo de poço" pelo qual passei (oi? Boa Forma, Shape, alguém aí se interessa em relatar minha história de mudança??? hahahahah), percebi que vontade, sem atitude, não resulta em mudança.

Bom, a matéria que ilustra esse post é de uma amiga querida, dos tempos do "Clube da Gordinha", no site da Boa Forma. Ela, inclusive, participa daquele grupo de emagrecimento sobre o qual já comentei noutra oportunidade.

A Mey, como é conhecida, chegou às portas da obesidade; hoje, está nas páginas da revista Shape do mês de maio, contando sua história bem sucedida. Com uma imensa força de vontade, ela exterminou 28kg.

Você aí, que me lê, ainda prefere ficar reclamando, ao passo em que devora um pãozinho, um brigadeirinho, um macarrãozinho...? Que tal uma maçãzinha, uma perinha, uma caminhadinha??? rsrsrs

eu já dei adeuzinho a 4.3kg!

Mais, do mesmo

Hi people!

Olhem só, ando bem preguiçosa, e os cuidados com o meu "filhotinho" blog estão bastante prejudicados.

Mas como tenho um carinho enorme por quem se dá o trabalho de ler o que escrevo, vou dar uns "flashes" sobre o que tenho lido na blogolândia, rsrsrs.

1. lembram aquela saia azul que a Grazi usou, inclusive foi objeto de post prestenção na tendência? Well, era uma calça pantalona, hahahaha, Parece pegadinha, mas não é. Bom, vou continuar suspirando, iludida, achando que se tratava de uma saia;

2. a linha Intense, d'O Boticário, agora tem produtinhos com efeito mate. Eu amo esse tal "efeito mate", porque glamour cintilante também cansa. PRESTENÇÃO: os batons são o que há!!!, bons, bonitos e baratos (tipo (R$ 12,00). Dizem por aí, na blogosfera, que as bases* são boas, inclusive para pele oleosa;

3. há aí uma concorrente de peso para a Avon e a Natura: Eudora. Para quem não sabe, é a fatia d'O Boticário, que funcionará no mesmo esquema das mencionadas: venda por catálogo. PRESTENÇÃO: rímel* "Audacious cils", R$ 45,00. Dizem que "tem que ter";

4. Manolo Blahnik (designer de sapatos, imortalizado por nossa "musa" Carrie Bradshaw, de Sex and the City) lançou pingentinhos em forma de scarpin tipo "Mary Jane"... já sabem, estou à procura dos pontos de venda desse mimo!!! rsrsrs;

5. ontem baixou o espírito da louca experimentadora de roupas, rsrsrs. Foram algumas horinhas da noite experimentando calças jeans que já estavam "arquivadas" no guarda-roupas, rsrsrs. Arquivadas, sim, pois há pelo menos 3 anos mal passavam das coxas. O resultado: 4 estão quase no ponto, rsrs. 3 voltaram a servir com louvor!!!;

6. hoje vim trabalhar com uma delas, e o cinto, ligeiramente adaptado (leia-se: coloquei um extensor) desde a aquisição para servir, está adornando minha cintura sem artifícios. Simplesmente fechou, com folga, e em razão disso mal posso comigo mesma de tanta felicidade. (auto-estima mode on²).

* eu explico o asterisco: prometi a mim mesma que utilizarei, até o fim, as bases, pós, rímeis e afins... nada de aquisições impulsivas, visto ser prejudicial ao bolso e nada inteligente. Sem falar no que já doei às amigas... aderindo ao consumo consciente!!!

Acho que era isso... até breve ;)

quarta-feira, 4 de maio de 2011

"Amigos são irmãos que escolhemos!"

Imagem daqui

Hoje é dia de comemorar muitos natalícios, e um deles, especificamente, merece destaque... Meu amigo intelectual, graaaaaaaaande guru, olhos e ouvidos atenciosos e sempre dispostos a auxiliar, médico dedicado... avesso a ideia de um novo enlace matrimonial, rsrsrs, porém entusiasta de um "serôdio pedido" (no meu caso).

Sem falar que é o comentarista-mor deste humilde blog!

Fernando, obrigada, por tudo. E felicidades hoje, amanhã, depois, e depois, rsrsrsrs. Big beijo!

Desejos do dia, rs

O desejo do dia (parênteses: o real desejo do dia era estar em casa, dormindo, com essa chuva e esse clima "invernal". Leia-se: escuro, sem sol, chuva fina e intermitente; já que em Fortaleza não faz frio.) é um look tipo esse que a Grazi usou:

Imagem daqui

Prestenção na dica: delineador tipo "gatinho", make "acordei divina assim", bem natural. E a combinação azul+preto (tendência mode on).

Olhem só, vou reformular a frase inicial... o desejo do dia é ficar linda e maravilhosa assim, que nem a Grazi. rsrsrsrs Magrinha, elegante, cara de quem nasceu rycah, mesmo tendo nascido em condições não muito favoráveis. Genética favorece, óbvio, mas o ditado "não existe mulher feia, existe mulher sem dinheiro e mal cuidada" super se aplica ao caso. 

Momento abuso e falta de modéstia: se ela conseguiu, eu chego lá ;) 

(auto-estima mode on)

terça-feira, 3 de maio de 2011

Ando meio desligada...

Eu sei, eu sei, ando tão obcecada com a reeducação alimentar e as terapias corporais, que o blog ficou abandonadinho. Sou uma "mamãe" cautelosa, então vim cuidar um bocadinho do fofinho.

Ele é uma espécie de diarioterapiavirtual. Aqui, toda sorte de experiências é descrita visceralmente, tal qual meu estilo de viver. Falo das unhas, dos cabelos, das dores e delícias de ser quem sou; reclamo do trabalho, conto as lamúrias, as conquistas, tudo. Afinal, isso aqui reflete quem eu sou.

Os posts podem não agradar, geralmente provocam algum nível de polêmica (especialmente se disser respeito a um certo canceriano, avesso a enlaces matrimoniais), podem ser fúteis, dependendo do ponto de vista (esmaltes e cosméticos não são assuntos que fascinem meu particular leitor e amigo, Fernando, comentarista-mor deste blog). Repito: eu sou assim.

Ah, nem sei o que me levou a escrever tantas justificativas... 

(bom, pensando bem, é outra mania)

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Já se foram 4kg!

Update: já mandei passear 4kg!!! Só faltam 6!! Rsrs. Eu chego lá :)

Febre ruiva (post do blog Frescurinha)

People, estou "lançando tendência", hahahahaha. O mundo agora é das ruivas ;)

Não crêem? Pois então vejam o post abaixo, copiado (com os devidos créditos) do blog Frescurinha:


Febre ruiva

Ruivas

Ao que tudo indica a cor da estação no que se trata de cabelos é o acobreado, depois de Drew Barrymore, Mandy Moore e Blake Lively é a vez da bela Scarlett Johansson se deixar levar pela tintura avermelhada.

scarlett johansson

Scarlett já ficou ruiva lá em 2009 para gravar Homem de Ferro 2, mas os fios estavam mais longos e o tom era mais escuro. 

scarlett johansson

Linda de qualquer maneira!
E vocês, já se jogaram no vermelho alguma vez?

Beijo.
Julia Thetinski

Deus e o Diabo

E Deus fez a mulher... Houve harmonia no Paraíso.
O diabo vendo isso resolveu complicar...

Deus deu a mulher cabelos sedosos e esvoaçantes.

O diabo deu pontas duplas e ressecadas.


Deus deu a mulher seios firmes e bonitos.

O diabo os fez crescer e cair.


Deus deu a mulher um corpo esbelto e provocante.

O diabo inventou a celulite, as estrias e o culote.


Deus deu a mulher músculos perfeitos.

E o diabo os cobriu com lipoglicerídios.


Deus deu a mulher uma voz suave, doce e melodiosa.

O diabo a fez falar demais.


Deus deu a mulher um temperamento dócil.

E o diabo inventou a TPM.


Deus deu a mulher um andar elegante.

O diabo investiu no sapato de salto alto.

Então Deus deu a mulher infinita beleza interior.

E o diabo fez o homem perceber só o lado de fora.


Deus fez a mulher ficar maravilhosa aos 30, vibrante aos 40..

O diabo deu de presente a menopausa aos 50...


Só pode haver uma explicação para isso:


O diabo é V I A D O!!!!


 

  Ô bicha invejosa, arre égua!!!!!!