terça-feira, 10 de maio de 2011

Os meus rímeis

Minha modesta "coleção" de rímeis.

Bem que eu queria ter a coleção invejável da Vic Ceridono (do blog Dia de Beauté), mas a minha é bem restrita... em verdade, creio que não adiante muita coisa ter zilhões de tubinhos sujeitos à ação do tempo, do clima... mas que eu queria ter, ah, isso é fato!

Vamos às explanações sobre cada um, da esquerda para a direita:

1. Coup de Theatre 2 en 1, Bourjois: esse fofinho foi o primeiro importado que adquiri, comprei pela Sacks e ganhei um demaquilante de brinde... a dica foi da Vivi, do Pop Topic. A "escovinha" separa e alonga direitinho, tanto que usei bastante e o bonitinho está nos finalmente, rs;

2. Define-a-lash, lavável, Maybelline: como o nome diz, ele é um excelente "definidor", rs. Não espere volume, não é o grande propósito dele. Mas se você quer cílios separadinhos, ele é ótimo!;

3. Define-a-lash, à prova d'agua, Maybelline: cumpre o que promete, em termos de fixação. Mesmo esquema do anterior. Só sai com demaquilante próprio para remover waterproof make. Não tente o tradicional shampoo para bebês, nem esfregue, pois ele "quebra" os cílios e não sai nem com reza brava;

4. YSL: ganhei de uma colega de trabalho, é verde, tem um cheiro maravilhoso, mas fora a embalagem luxo, ele não é muito eficiente...;

5. The Colossal, lavável, Maybelline: sem sombra de dúvidas, o melhor custo/benefício do mercado. Paguei cerca de R$ 17,90, no supermercado. Se o que você busca é definição, volume, cílios encorpados, ele é a solução, rsrsrs;

6. Givenchy, cor turquesa, à prova d'agua: comprei por curiosidade, na Dufry no aeroporto de Recife/PE. Ele tem aquela escovinha em forma de ouriço (uma bolinha), e a desastrada aqui sempre machuca o olho quando da utilização. Quanto à transferência de cor, só noto que é azul logo após a aplicação... depois, a impressão que dá é de que é um rímel preto comum. Caro, custou cerca de R$ 140,00.

Honestamente, o melhor rímel que já comprei foi o Colossal (da embalagem amarelinha). Claro, ainda não testei (por que$tões pe$$soais, rsrsrs), os Lâncome, Dior, etc. Comprar esse tipo de produto, no Brasil, é uma afronta à minha inteligência... os impostos quadruplicam o valor do produto, em comparação ao preço de mercado no exterior.

Bom, tem os rímeis da Avon, os primeiros que usei na vida. Nada contra, mas os Maybelline são infinitamente melhores, por um preço igual ou pouquíssimo superior. Vale a pena o investimento.