terça-feira, 19 de abril de 2011

Massas e sentimentos

Ontem tiveram início as famigeradas sessões de Manthus, plataforma vibratória e gessoterapia/massagens redutoras.

Bom, caso as massas em geral - pão, biscoito, pizza, etc. - fossem providas de sentimentos, eu saberia exatamente como se sentem, nas mãos de padeiros, e/ou máquinas batedoras.

Tudo começou na plataforma. A máquina, em si, parece inofensiva. Ledo engano! Quando aquilo começa a vibrar, não há um só pensamento que se mantenha na mente... é esquisito, desconfortável, porém muito eficiente em termos de drenagem. Fora que, segundo minhas parcas leituras sobre o equipamento, as vibrações promovem pequenas rupturas nas fibras musculares, o que trabalha aquela flacidez pavorosa que quer se apossar do meu corpinho.

Dizem que pensamento é tudo... então tratei de focar na despedida das celulites agregadas a esse corpinho, durante os 20 minutos em que fiquei chacoalhando (e o nariz, Deus meu, uma coceira sem precedentes se instalou e só parou quando saí do aparelho). Tchau, beijo, não me liga tá?

Na sequência, o famigerado Manthus. Para quem não conhece, eu explico: imagine um choque que faz cócegas. É o que se sente, quando das aplicações. Segundo a fisioterapeuta, trata-se de ultrassom (escreve assim, meu caríssimo Fernando?), com a função de fluidificar a gordura e permeabilizar a pele para a introdução de princípios ativos.

Depois dos choques que prometem exterminar as minhas bordinhas de catupiry, uma sessão de tortura, ops, de massagem redutora. Senti-me uma massa, sendo sovada sem piedade. Tentei, em vão, concentrar-me na leitura, porém foi impossível. O passo seguinte: gesso. Ganhei uma cintura engessada, rsrsrsrsrs.

Como sempre pode ficar pior, fui, de gesso, para a manta de infrared. Confesso: cochilei alguns minutos, enquanto estava morninho, bom demais! Daí começou a ficar beeeeeeeeeeem quente, acordei rapidinho, rsrsrsrs. Fiquei imobilizada, impaciente, e enfim terminou. Siiiiiiiiiiiiim, mas eu teria de permanecer engessada por cerca de 1h.

Segundo a Gerlane, na próxima vez eu devo dormir engessada. Bom, sabe quando você está naquela fissura, e o que disserem para fazer, você faz? Ok Gê, eu topo! ;)

Nada como reeducação alimentar, massagens e tratamentos estéticos. Agora eu entendo como essas atrizes e pseudo-celebridades mantém barriga chapada e bumbum lisinho. Dói, e como! mas compensa. ;)
--
Tatiana Lambert.

"A perseverança é o grande agente do êxito". (G. Dargan)

***Por favor pense na sua responsabilidade ambiental antes de imprimir este e-mail.
Há cada vez menos árvores no nosso Planeta!***