quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Momento Bridget Jones

Estou numa fase Bridget Jones, mais especificamente "No limite da razão". A cena em que ela se vê sozinha no apartamento, e questiona a vida que leva, aplica-se ao meu caso hoje. 

(Eu tinha um emprego medíocre, é verdade, mas era o que pagava as minhas contas e me dava autonomia. Eu tenho um namorado, é verdade, mas ele parece um gato ao se deparar com água de banho, quando o assunto é casamento.)

A Bridget teve a oportunidade de viajar ao Taiti, fez uma porção de besteiras, e o cara medroso foi até lá, resolver o imbróglio. Eu não tenho a opção de viajar assim, então só me resta a resignação. Se bem que, neste momento, escrevo diretamente de Itapipoca-CE. 

O meu amedrontado-assustado-apavorado namorado foi temporariamente transferido para cá, e aqui estou, para uma semana de "férias". Se eu não enlouquecer de tanto ficar trancada nesse quarto de hotel, sem tv a cabo (Sky, mais precisamente), sem shopping na cidade, nada mais nesse mundo pode ser capaz de me atormentar.

Bom, esse post não é exatamente o mais agradável de todos. É só um desabafo de uma mulher, frustrada com esses medos irreais que povoam a cabeça do par. Por que homem tem aversão ao casamento???