sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Outra amiga que vai casar!

A gente vive várias fases durante a vida, socialmente falando. Quando se é criança, as festas infantis são o momento delíííííííícia: muito brigadeiro, refri, salgadinho, sem falar nas brincadeiras, com direito a look desmontado e pés descalços ao final da festa. E as lembrancinhas, cheias de guloseimas capazes de deixar dentistas de queixo caído, em desespero.

Aí vem a fase dos "15 anos": pais e mães, tremei! Haja grana para presentes, e saco para ir deixar e buscar os adolescentes nos eventos. Ali, um tempinho depois, as formaturas do ensino médio. Ok, não tem o glamour das colações de grau e festividades pela formatura em curso superior, maaaaaaaas é bacana do mesmo jeito. Aquela saudade da galerinha que a gente sabe que o tempo, as circunstâncias da vida, vai acabar por não mais ver... por mais que haja boa vontade. Claro, há exceções.

Quando chegam os 20 e poucos anos, começam os casamentos! Ahhhhhh, os enlaces matrimoniais. Nós, mulheres, sonhando com a hora do "sim", enquanto os homens fogem ao menor sinal de compromisso. Nem tudo na vida é perfeito...

Pois bem, estou batendo à porta da casa dos 30 (cinco minutos de desespero por isso, com licença!), e boa parte das minhas amigas ou já casou, ou está na lista do Santo Antônio. Pois bem, em 2009 casaram-se Claudinha, Jennifer, Maria, e Flavinha; em 2010, Natália... em 2011, casa-se Fernandinha, minha eterna "companheira de aventuras". É fato, recebi hoje o convite! rs

Inevitavelmente, quando recebo um convite de uma amiga querida, sinto um misto de felicidade por ela, e ansiedade combinada com tristeza, por mim. Claro que eu quero amigas casadas, felizes acima de tudo! Só que eu quero casar tambééééééém, ora bolas!

Acho que vou ter que apelar para medidas mais drásticas, afinal, colocar o nome na barra do vestido da amiga casadoira, já fiz, rsrsrs. Creio que agora terei de pegar o Santo Antônio e ter uma conversinha a sós com ele. Muito já li sobre o que fazer com ele: retirar-lhe o Menino Jesus, colocá-lo dentro d'agua, de cabeça para baixo, ou o mais absurdo e desesperado ato de todos, que é colocá-lo no congelador.

Ow Santo Antônio, não queria ter de fazer nada disso. Não dá aí para me dar uma senha preferencial na sua listagem??? rsrsrs