sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Fechado para balanço!

O último post do ano... que ano!

Tudo começou quando o assédio moral resolveu fazer morada lá naquele lugar-cujo-nome-não-se-menciona. E vieram as férias-punição, em fevereiro, estendidas até meados de março. No retorno, rebaixados de cargo, jogados como lixo numa sala sem água para beber, sem ar condicionado, sem trabalhos dignos. Humilhação, pressão para um pedido de demissão.

Dia após dia, a resistência pacífica. Depois de meses na "UTI" profissional, do prognóstico avassalador e irremediável, a morte. Sem lágrimas, sem vela, sem missa nem enterro. Novas tentativas de boicote, sem sucesso. Três meses aliviados por um lado, de agonia por outro. Ver as semanas passarem sem perspectiva de um novo emprego, um relacionamento esfacelado... foram meses difíceis.

Este blog foi uma tábua de salvação, criado para ocupar o tempo ocioso do horário comercial naquele trevoso período retromencionado. Aqui, alegrias e tristezas descritas sem pudor. Alívio em forma de posts diários... benditas amigas!, incentivaram a criação e apoiam com suas leituras e comentários, ainda que não publicados.

O último trimestre foi um turbilhão: fim do namoro, início no novo trabalho... o namoro foi reatado, perdi minha chefe e a possibilidade de ver crescer uma amizade, assumi seu posto e hoje, dia 31/12, só consigo pensar se ela teria orgulho de como estou conduzindo as coisas. Ontem, dia 30, o dono da empresa elogiou meu trabalho, e disse que ela sempre lhe dizia que eu era "fera", que confiava no meu potencial. Ele mesmo se disse gratamente surpreso com a minha conduta, com o meu trabalho.

E é isso, meus caros e minhas caras... o ano finda hoje, a partir de meia noite todos os mal-entendidos, as decepções, tudo vai ficar guardadinho numa caixinha no porão que há em mim... foi assim com cada um dos 29 anos. De agora em diante, cabeça erguida, fé renovada, esperanças de que tudo será positivamente diferente. Quem sabe esse ano eu desencalho... quem sabe ganho muito dinheiro... quem sabe vou morar sozinha... quem sabe???

Dia 31 de dezembro de 2011 eu conto! Feliz Novo Ano.