quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Lendo blogs amigos

Todo dia, reservo alguns bons momentos para atualizar a leitura de blogs que me interessam. Um deles, o "Não quero merecer outro lugar" é de uma mulher que tem, como se diz aqui no Ceará, "sangue no olho". Para resumir a história, ela perdeu o marido num acidente de carro, em janeiro desse ano, e ficou com uma vida, antes de cheia de planos, agora pela metade. Dois filhos, planejamento da cerimônia e da festa, lua-de-mel, apartamento novo... it's over.

Na luta para seguir em frente, ela transformou o blog (que já possuia antes da tragédia) em desabafo dessa nova realidade. A escrita, a concatenação de ideias, bacanésimas! Muita leitura e dedicação de fato conferem ao blog um jeito bem peculiar de comunicação, a despeito dos "vc, xau, tks" e afins, que costumam permear a linguagem na internet.

Como nem tudo é perfeito, tem sempre uma criatura para atrapalhar, alguém que se ocupa de deixar recados grosseiros, esculhambar com o que ela escreve. Minha pergunta é: por que? Lê quem quer, ora bolas! Incomodado(a)? Vai ali na tela, do canto direito superior... tem um "X". Pronto, acabou. 

Todos os blogs que leio são alvo da inveja, essa miséria humana. Há sempre uma pessoa que se vale do anonimato para falar mal do que outras estão escrevendo, fazendo. A troco de que? Que eu saiba, nada, só pelo prazer mórbido e imbecil de falar mal. Críticas são sempre bem vindas, desde que tenham fundamento. Ajudam. Mas desconstruir, pelo simples capricho de magoar o autor?

No caso específico da Marcele, apesar de não conviver com ela, pelos posts sei da fibra e da coragem de seguir em frente, quando o corpo e o coração dizem para permanecer inerte. Meus honestos cumprimentos pela força que ela tem, mesmo quando a perna treme e os olhos teimam em desaguar.