sábado, 9 de outubro de 2010

Admitindo a impotência

Já postei inúmeras vezes acerca do meu problema com excesso de peso. Se por um lado é algo que me incomoda profundamente, por outro não encontro ânimo em mim para modificar essa situação.

Há tempos, namorado dá dicas, tenta motivar, promete coisas... agora ele passou a ser mais incisivo: reclama abertamente. Claro, fico possessa, odeio ser julgada pelos 10kg acima do peso. Eu me cobro, claro, mas fico possuída quando alguém menciona os fatos. ESTOU GORDA, eu sei, mas não estou conseguindo mudar isso.

Ontem ele disse que vai me levar à academia, nem que seja sob a mira de um revólver. rsrsrsrsrs

Ok, parece meio exagerado, e algumas pessoas poderão achar absurdo. Noutros tempos, eu também acharia. Mas sabem, estou me sentindo uma viciada, tipo o Danilo da novela Passione. Chegou minha hora de admitir a impotência diante desses 10kg que enfeiam a minha silhueta. Preciso de ajuda dele, para ir amarrada à academia.
Mesmo que os docinhos não sejam abandonados de imediato, mexer o esqueleto vai otimizar o metabolismo, que de tão sem estímulo deve ter tido um AVC, uma paralisia cerebral, rsrsrsrs. 

Eu admito: sou impotente diante da minha preguiça de malhar. Preciso, urgente, de ajuda.