sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Se a psicóloga acredita, por que vou duvidar?

Não poderia ter sido mais oportuno o momento em que recebi a resposta de um e-mail enviado à (ex)psicóloga. Inicialmente, cumpre esclarecer que pontuei 3 grandes conquistas pessoais, sem descer aos detalhes nem imprimir opiniões pessoais. Simplesmente, posso dizer que dei uma satisfação a ela, sobre as sugestões que me foram dadas n'algumas sessões.

Vou tomar a liberdade de transcrever aqui, posto que direcionado a mim, não há de ferir os brios de ninguém. Percebam a delicadeza com a minha pessoa. Fantástico!!!

"Olá Tatiana,
 
Que coisa incrível!!! Adorei saber disso sim! Acredito muito no seu potencial para ser feliz e encontrar alguém que realmente queira construir com você uma vida boa e saudável! Parabéns por tomar conta da sua vida! Lembre-se, não podemos mudar ninguém, mas podemos mudar a nós mesmos e o rumo da nossa história. Um super beijo!!"
 
(e se ela acredita em mim, e Deus também, quem eu sou para duvidar??)