segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Desinstalando "arquivos", liberando espaço

Hoje, enviei e-mail à terapeuta que me faz uma falta imensa! Poxa, antes de escrever, fiquei pensando em como teria sido mais simples atravessar a tempestade ouvindo os conselhos dela. Só que o bacana nisso tudo é que eu não me acovardei diante da impossibilidade de tê-la por perto. Fui lá e fiz. Simples assim.

Ela respondeu, reiterando que não está mais atendendo, e indicou outra profissional. 

Bom, a intenção de escrever sobre isso é perceber a importância do trabalho que ela desenvolveu comigo. Provavelmente, sem aquele suporte e sem as "ferramentas" que ela me mostrou, eu ainda estaria desperdiçando os anos mais preciosos da minha vida. Já chega, bastam os quase quatro que estão na lixeira emocional.

A busca agora é por uma forma de executar um "programa" do tipo CCleaner, para remoção de todo e qualquer "arquivo" indesejado remanescente. Preciso desse espaço livre. Nada mais justo, afinal, já há outro sistema operacional instalado, rsrsrs.