terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Esgotada

O meu corpo está dando sinais muito claros de esgotamento. As crises de rinite são quase que intermitentes, a sinusite dá o ar da graça de vez em quando, e as dores de cabeça são comuns. Não durmo que preste há um mês ou mais, vivo exausta.

Sim, além do cansaço habitual, tem a tireóide... essa uma vilã cruel, que silenciosamente vai trabalhando nos bastidores para prejudicar todo e qualquer segmento da minha vida. Outra inimiga velada é a UNIMED: por nos cobrar tão caro, e repassar tão pouco, os endocrinologistas são raros e só é possível agendar consulta para 2012.

O desgaste me deixa irritada, cada dia mais impaciente, sensível ao extremo. Preciso de repouso, tranquilidade, uns dias na praia ou no friozinho de Guaramiranga. Sem celular, sem internet, sem culpa agregada.