quarta-feira, 15 de junho de 2011

A lista de "coisas a fazer"

Estou às voltas com um incômodo já mencionado alhures... a necessidade de caminhar.

Com tantas reeducações a que me propus - massagens, pilates, alimentação balanceada - eu sabia que chegaria a hora em que o assunto retornaria à lista de "coisas a fazer". Há tempos listada como "prioridade", tem sido relegada ao "final da fila".

Não é novidade, também, que eu necessito de um grande incentivo para conseguir dar voltas e mais voltas no entorno do Lago Jacarey. Houve um período em que o incentivo respondia pelo nome de"Fernanda",  com uma sutil maneira de convencer as pessoas:

Fernanda: - Amiga, tô chegando na tua casa pra gente ir caminhar.
Eu: - Hummm, preguiça, vou nem mentir.
Fernanda: - Você escolhe, ou vai por bem, ou eu te arrasto. Nós vamos, e eu tô aí em 5 minutos.

Pois é... caminhamos por meses, época pré-Leonardo, e conseguimos a inacreditável marca de 3 meses consecutivos de aulas de spinning, sempre com o mesmo "incentivo". Lembro que éramos detentoras de pares de pernas doloridas, invariavelmente cansadas, e com apelidos como "mortinha" ou "Ploc". Só que a amiga casou e mora, atualmente, no interior de Sobral.

***Pausa para um esclarecimento: Ploc era como o instrutor chamava a Fernanda, desde que ela chegou para a aula com uma regata rosa-cor-de-chiclete.

Pois bem. As massagens e o pilates são complementos, de modo que eu, para variar, comecei tudo de trás para frente. Só que a "fatura" chegou: meu emagrecimento estagnou. A sentença das fisioterapeutas (do tratamento, e do pilates)? Caminhar.

Retornando à lista de "coisas a fazer", já implantei uma nova regra: dormir antes das 23h, em dias úteis. Por conseguinte, tenho acordado às 5h, mas me mantido deitada para mais uns sem-número de cochilos, de modo que acordo às 6h10 com a sensação de não ter dormido absolutamente nada, tantas foram as "sonecas" determinadas pelo celular. Ponto positivo? Tenho chegado antes das 8h ao escritório, coisa que há meses estava na casa do "inimaginável".

Agora falta levantar ao primeiro aviso do alarme, e começar, de uma vez por todas, a caminhar. Torçam por mim, rsrsrs.