quarta-feira, 29 de junho de 2011

Desafios

Desde abril, decidi dar um novo rumo na vida, alicerçado principalmente em atividades físicas e reeducação alimentar. Incrível como o cotidiano nos impinge uma alimentação desregrada! São muitos cafezinhos durante o dia, pouca água, um biscoitinho aqui, uma bolachinha ali, guloseimas acolá.

Nessa brincadeirinha sem graça, a gente vai recheando a cinturinha... e a numeração das roupas só aumentando... do 38 para o 40, do 40 para o 42, 44. Ao passo que a satisfação momentânea, provocada pela caloria vazia, preenche a "fome da alma", a insatisfação toma conta do restante do dia. O espelho, as fotos, tudo reflete a realidade dos fatos: sobrepeso!

A minha saga em 2011 é longa, e não deixa de ser um marco. Mas quero que esse ano, aos trinta, eu esteja em viagem no dia 31 de dezembro, com o vestidinho branco mega decotado nas costas, à beira do mar com meu amado, comemorando a saúde, os muitos quilos exterminados, e um corpinho enxuto e as contas saneadas.

Hoje é dia de fazer planos, de impor metas e vencer os obstáculos impostos pela rotina, e pela preguiça também!