sexta-feira, 24 de junho de 2011

Festas juninas

Adoro essa época do ano, mais do que Natal e Ano Novo, rsrsrs. (adoro paçoca, vatapá, pé-de-moleque, canjica, pamonha, bolo de milho, bombocado).

Ontem, enfim, resolvi caminhar. Não, não levei a Luna, porque ela mais atrapalha do que ajuda: 1. distrai-se com facilidade; 2. não consegue manter uma linearidade, fica ziguezagueando feito barata tonta; 3. todo mundo para para elogiar, brincar, e ela, carente toda, fica alucinada. 

Logo que cheguei, descobri que havia tomado a decisão certa, ao não levá-la. Por infortúnio, percebi também que escolhi um dia bem complicado para implantar o projeto de emagrecimento com caminhadas, rs. Véspera de São João/feriado, uma misturinha que resulta, invariavelmente, em pracinha quase intransitável. 

Some-se aí famílias inteiras, que não viajaram, e tem crianças indóceis - algumas já de férias - em casa, ociosas. Nada melhor do que pegar as bicicletas, patins e afins, e desabar para o dito-local. Enquanto os papais se deliciam com suas bebidas e petiscos, sentadinhos às mesas dispostas no entorno do lago, as mamães correm atrás dos pimpolhos. Família de porta-retrato, kkkkkkkkkk. 

As barraquinhas de comidas típicas quase desviaram meu foco, o volume de gente por pouco não inviabilizou a caminhada, mas a duras penas, consegui completar meu percurso com sucesso.

#hjehdiadetiangua