quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

A saga da tv - parte 2

Nunca pensei que comprar um tv fosse tão desgastante. Desde a frustração da compra cancelada pelo Compra Fácil, tenho peregrinado em sites e lojas físicas à procura da bendita Samsung led 32" Full HD série C5000. Ok, eu até achei hoje no site da EletroShopping. 

Telefone na mão, combino tudo com o vendedor da loja do Via Sul. Chegando lá, a decepção: o preço amigo fica só na compra à vista. Se parcelado, os juros são extorsivos. Retruquei, fiz confusão, briguei... saí de lá sem a maldita tv porque o gerente foi inflexível.

Na Rabelo, a informação: nenhuma - eu disse nenhuma! - loja no país tem esse modelo. O estoque está zerado. Raiva, raiva, raiva. Concluída a busca em lojas físicas, corri para casa a fim de tentar comprar via internet. Sem sucesso. Quando não é um prazo de 22 dias úteis para entrega, é um frete que dá para ir buscar de carro no depósito seja-lá-onde-for, e ainda sobra um troco pro sorvete.

Agora é esperar, ansiosa, pelo retorno do Extra e do Magazine Luiza, cujos estoques estão zerados, mas que aquele "avise-me quando estiver disponível" é praticamente a materialização do sonho. Enquanto isso, em Tianguá, há um rapaz sedendo, vendo o jogo do amado Flamengo na tv da padaria, rsrsrsrs.