segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Os flagrantes do "desespero"

Já mencionei aqui no blog que 3 das minhas amigas queridas que casaram nos últimos 2 anos, fizeram a gentileza de incluir meu nome na barra do vestido. A tradição é antiga, e no caso da Fernanda, o nome dela estava na barra do vestido da Flávia, em 2009. (ok, o meu também estava, mas vamos pular essa parte).

Já que virou piada mesmo, resolvi colocar no blog esse "mico": a comprovação de que o nome estava lá, escrito num papelzinho e grampeado na saia de tule do vestido.

Fazendo as contas... a Nanda casou cerca de 15 meses após o casamento da Flávia... preciso saber quanto tempo depois da mesma "mandinga" a Flavinha casou, hahahahaha!

#aloucasupersticiosaparte32