sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

O caos do trânsito

Diariamente, cresce em mim uma revolta sem precedentes, diante do descaso do poder público em relação ao caos do trânsito. 

Inicialmente, eu cheguei a acreditar que devia ser culpa do meu horário pré-determinado para sair de casa: 7h20. Antecipei a saída em 10 minutos, e a coisa só piorou. Hoje, cheguei à conclusão de que será necessário sair às 7h. 

Como sou curiosa, extremamente impaciente e tenho quase obsessão por horários a cumprir, tenho dedicado essas horas intermináveis entre primeira/segunda/terceira marcha na BR-116 a observar. Há situações clássicas de impedimentos do fluxo normal de veículos... tipo acidentes, carros enguiçados, ruas e avenidas bloqueadas, entre outros. 

Para meu espanto, não visualizo qualquer dos motivos mencionados. Simplesmente não saímos do lugar. 

Claro, há trechos SIM absurdamente danificados, em especial as alças laterais da rodovia. Mas não justifica o fluxo interrompido nas pistas principais.

Bom, minha indignação reside no fato de que a imprensa noticia, e noticia, e cansa nossos olhos e ouvidos de tanto apontar os problemas. Aos vistos, nenhum representante do Executivo vê tv ou lê jornal. Questiono-me também se algum trafegaria por tais locais, ou somente viraria o rosto para o outro lado, dentro de helicópteros que ignoram trânsito, atrasos, etc.