quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Divagando em contos II

"Levantar da cama antes do horário de rotina, sem reclamar, lavar os cabelos e ganhar o mundo. Legalmente incorreto, porém perfeito para um início de manhã, dirigir ouvindo [no viva-voz] uma amiga mais que especial, que aproveitou uma brechinha na agenda atribulada para dar o ar de graça.

Ainda que o atraso fosse por culpa do trânsito, como de costume, nada de reclamações. O cabelo secando ao vento, a roupa colorida para uma dia ensolarado, o sorriso no rosto sem maquiagem... 

E para arrematar o começo de mais um dia de trabalho, uma xícara de chá. Não o habitual chá verde e suas propriedades termogênicas, antioxidantes. Não, hoje é dia de cheirinho de infância, perfume de carinho, gostinho de afeto. Cada gole, uma lembrança que abraça.

Felicidade simples."