quarta-feira, 2 de março de 2011

zZZZZZZzzzZZZZ

As pesquisas científicas (ou será que são médicas?! dúvida!) dão conta de que próximo das 14h bate aquele sono, e que a capacidade de concentração cai drasticamente.

Tá, eu já sabia disso há anos, mais especificamente após o início da vida laboral. rsrsrsrsrs

É que tem dias que a coisa fica feia, e o "sistema operacional" simplesmente se recusa a cooperar, trava mesmo, e a gente fica naquela luta solitária, desesperada, para evitar as "pescadas", especialmente por causa das pessoas que trabalham nos arredores.

Não escondo o pânico de ser "apanhada" no dorme-não-dorme pelos meus colaboradores, rsrsrsrs. Cena ridícula de se ver, imagina de ser vítima. (três batidinhas na madeira, dois tapinhas de cada lado do rosto... ACORDA MENINA!)