segunda-feira, 24 de maio de 2010

Um novo ciclo

Prefiro acreditar que o inferno astral serve para forçar uma mudança de atitude. Assim, fica mais fácil aceitar as turbulências da vida pré-aniversário. 

Aproveitando esse ensejo, sábado resolvi que era o dia de encarar a bagunça que ficava em cima do guarda-roupas. Não pensei, agi: escada, mamãe e quando vi, o chão do quarto estava tomado de tranqueiras de uma vida inteira. E lá se vai o processo de abrir tudo, analisar, jogar fora! E lá se foram agendas profissionais (não tive coragem de jogar os diários adolescentes), recortes, figurinhas, etc., etc., etc.

Mamãe diz que tenho mania de guardar as coisas, rs. Descobri que era verdade. Veja bem, ERA. Porque eu não tive pena, foram 3 sacos pretos e muitas caixinhas, caixas, embalagens de presentes, rs. O que eu tinha de sacolas de lojas era um horror! Tudo fora!!!

Concluída essa fase, e numa manobra curiosa, mamãe e eu aspiramos o local e recolocamos o que realmente ficaria para a posteridade. Incrível o que tem de espaço agora lá em cima, rs. Finalizada a operação, um banho para comemorar, rs. 

Sábado que vem o desafio será o guarda-roupas em si, mais o gaveteiro e o que ainda tiver no quarto, rs. Menos a sapateira, porque nessa eu vivo mexendo e realmente o que era para doar, consertar ou jogar fora eu já fiz.

E que venham os 29 anos! Estou pronta! ;)