sexta-feira, 20 de julho de 2012

A recompensa da coragem

Quando eu quis ter o controle de tudo, percebi que é impossível ser de fato feliz. Só depois que compreendi o real sentido da frase da Danusa Leão: "Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável".

Claro que todos os acontecimentos do primeiro semestre de 2012, um período difícil, sombrio, do qual retirei lições para a vida inteira, a despeito de não haver me recuperado plenamente, burilaram quem eu sou nesse momento.

A vida é cíclica, óbvio. Assim como disse Heráclito, um homem não se banha no mesmo rio duas vezes, tampouco permanecemos imutáveis. Cada traço que carrego no rosto, cada cicatriz que repousa em meu peito, são provas de que não desisti de tentar e seguir adiante.

Vale a pena, ainda que seja difícil e haja momentos de dor intensa. A recompensa da coragem é maravilhosa.