terça-feira, 22 de junho de 2010

Organizar festas é uma ciência!

Hoje, enfim, é o último dia de aula na especialização. Daí, adivinha para quem sobrou a organização da confraternização??? Bom, não dava para ser diferente, já que eu sou a "secretária-geral" da sala, rsrsrs.

O fato é que, pelas lembranças que tenho, nunca organizei sozinha uma festa completa. Como não consegui escapar da tarefa, vamos aos aspectos práticos: 1. e-mail cobrando a cota da galera; 2. incumbir o Alessandro de arrecadar os valores (todos contribuíram, graças a Deus); 3. fazer os cálculos antes de encomendar a comida e a bebida.

*pausa para um chilique*

Recorri ao bom e velho amigo Google, rsrsrs. Foi assim que descobri que organizar eventos é quase uma ciência! Antes de saber quantos centos de salgado deve encomendar, você precisa saber se haverá pratos quentes, frios, etc. Lá vou eu pensar: melhor encomendar uma torta salgada, já que vai ser pós horário de expediente, o povo chega cansado e varado de fome.

Mas essa decisão leva a outro drama: quantos quilos de torta??? (pode rir, é assim mesmo, um drama leva a outro). Tá bom, vamos ligar para a loja escolhida: Casa do Bolo. A atendente, pacientemente, vai esclarecendo que o que está no site não é fiel ao cardápio disponível. Isso porque eu caí de amores por um pão americano, que não é mais fabricado (mas tá lá no site, para dar água na boca).

Vamos ao pedido: são cerca de 21 alunos e professores, então arredondei para 25 pessoas. Como haveria um "prato salgado", a quantidade de salgadinhos seria em torno de 12 a 15 por pessoa (+ou- 400). A torta, segundo a atendente, deveria ser de 3kg. Já os refrigerantes, calcula-se mais ou menos 600ml por cabeça (= 5 Cocas de 3l).

Isso tirando o material descartável, facas e espátulas, trilha sonora, etc. etc. etc. A decoração, a contragosto, será em motivos de Copa: bandeirinhas, balões, toalhas, tudo em verde-amarelo. Já comecei a rezar para não tocarem forró, e que ninguém me apareça com vuvuzelas!!!

Valeu Mônica e Michelle pelo help.