quarta-feira, 18 de abril de 2012

Não se pode ter tudo...

Se há uma lição recorrente na minha vida, é a de que não podemos ter tudo o que queremos, tampouco ao tempo em que julgamos justo. Há coisas que nos são negadas para o nosso próprio bem... pouco importando o bico que a gente faz quando não consegue.

Hoje foi um dia importante na minha carreira, pois fui colocada à prova e, ainda que não tenha conseguido reverter o voto da juíza, minha atuação foi avaliada positivamente. Noutros tempos, eu teria saído de lá em frangalhos, chorando. Sim, minha gente, eu já agi inúmeras vezes dessa forma, feito criança contrariada.

Só que o amadurecimento ensina... inclusive a valorizar pequenos detalhes de um todo. Ainda que não tenha revertido "a sentença" (o que, diga-se de passagem, era o esperado para o caso), o meu trabalho, diretamente, reverteu outra... e de um cliente que, de fato, necessitava muito do benefício! Nem deu tempo de ficar aborrecida, já saí da sala das sessões comemorando.

Quanto aos elogios à atuação, confesso que pondero todos, especialmente porque o meu ego precisa ser contido a todo custo... só assim é possível evitar cataclismas, rsrs.