quinta-feira, 12 de abril de 2012

A fatura dos abusos

Não subestime a capacidade do seu corpo, porque uma hora a fatura chega. 

Confesso que, há algum tempo, tenho sido displicente com minha saúde. Durmo tarde, acordo cedo, vivo sob stress contínuo, perco cerca de 2h por dia no trânsito infernal dessa cidade... se eu for descer aos detalhes da alimentação e dos exercícios, ai ai ai, provavelmente vou corar e chorar.

Enfim. Anteontem propus ao grupo "Emagrecendo" a ideia de fotos de frente, de lado e de costas, de top e short. Sério, somente em fotos é possível avaliar os danos ao físico, rs. 

Mesmo à beira da exaustão - física e mental - resolvi tirar as minhas ontem. Sem comentários, rs. Nunca pensei que eu fosse tão complacente com a imagem refletida no espelho. Mas as fotos revelam os detalhes sórdidos, que eu renegava com veemência..

Voltando à história da "fatura": os abusos de sono deficitário, alimentação inadequada, estresse e falta de regularidade nos exercícios, estão conduzindo a minha pessoa ao colapso. Breve, muito em breve. Juro que há dias em que tenho medo quando estou dirigindo, tamanho o cansaço. 

Hoje é quinta, o único compromisso à noite termina 19h30. Preciso, de verdade, cumprir a promessa de entrar em casa, jantar, tomar banho e dormir, preferencialmente antes das 21h. Amanhã Zug, querida, não fique me chamando, pelo amor de Deus. Preciso fazer as pazes com os meus lençóis e travesseiros por longas e longas horas...