sexta-feira, 20 de abril de 2012

Agora sim!

O post de ontem me rendeu agradecimentos emocionados hoje, rsrs, e a informação de que a história é mais rica em detalhes do que supõe a minha limitada imaginação.

Pois bem, ainda nessa vibe, os dois ou três meses passados representam uma jornada da qual me orgulho muito, sentimentalmente falando. Mal comparando, é como se eu tivesse fica exposta ao sol sem proteção por dias e dias; sofrido com insolação e seus efeitos físicos, enrugado e descamado por completo. No meio-tempo, fiquei isolada e protegida da incidência de raios, para me regenerar por completo.

Hoje, sinto que posso sair ao sol sem problemas. Não há marcas visíveis daquele dano imenso... só uma cútis quase que desprovida de melanina, macia e perfumada. Claro, a lição - aprendida a duras penas - é para sempre: proteja-se, independentemente da [falsa] impressão de que não vai acontecer novamente.

Creio que - agora sim - estou verdadeiramente pronta. Que venha o grande amor, com suas dores e delícias, mas sobretudo, que traga aprendizado e crescimento... uma parceria.