quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Experiência que ensina

Ontem, atestei aquela história de que devemos ter muito cuidado com o que falamos. 

Saí da Otoclínica com uma lista de novos remédios para o velho problema, e fui ao Hospital da Unimed com a irmã, que padecia de desordens no trato gastro-intestinal. Enquanto aguardava o atendimento da enferma, tentava, ao celular, finalizar uma missão para nossa amiga Fernanda. Isso envolvia a genitora e sua benevolência sem limites.

Ao meu lado, igualmente impaciente pela demora, um senhor. Entre uma ligação e uns momentos de reflexão, ele interrompeu dizendo: "3052-5016". Diante da minha cara de perplexidade e confusão, ele complementou: "o telefone da GB-EX, a transportadora de encomendas". Eu sorri e já liguei imediatamente...

Infelizmente, mamãe não conseguiu cumprir a diligência, pois o local só funcionava até 19h. Enfim. O que fica como ensinamento é: cuidado com o que você fala, mormente em público. Como se diz, o mundo é pequeno, e as paredes têm ouvidos.