segunda-feira, 19 de novembro de 2012

O sábado na Bienal e os agradecimentos

Daí que sábado foi o primeiro lançamento do livro. Os sentimentos, tão misturados, tantos, tantos. A felicidade de usar um vestido vermelho tomara-que-caia, tamanho 40 (já que mandei apertar o tamanho 42), a satisfação de publicizar um grande amor, através de uma paixão: a escrita. 

Eternizar uma história, seja ela qual for, e em que meio - blog, livro, carta - é como fotografar um instante. 

Outra coisa mais que maravilhosa foi a presença de pessoas queridas... já cheguei rindo com as graças do Giuliano (sempre um gentleman) e do Dudu... e já estava por lá a dinda Marília, e logo em seguida chegaram Paulinho, Rebecca (a prima-fotógrafa mais linda que alguém pode ter) e Caio... Lara e Diego, o casal inspiração, rsrs. Germano também marcou presença, assim como o querido leitor-comentarista-e-incentivador Fernando...

Às queridas Fernanda, Flávia, Socorro e Layle, sei que as intenções eram as melhores possíveis, mas nem sempre é possível se fazer presente, seja pelo trânsito, pelas adversidades da vida... o que importa é que eu sei, aqui dentro, o quanto vocês torceram para que desse certo.

Aos meus amores, mamãe e João, o meu muito obrigada, por tudo. Espero que tenham gostado e estejam felizes com a repercussão da coisa toda. 

Dia 22 tem mais!!! Lá no Restaurante Regina Diógenes, a partir das 20h30.