segunda-feira, 12 de julho de 2010

Filosofia animada

“Se a vida decepciona, continue a nadar, para achar a solução, continue a nadar...”
Desenho animado não serve só para criança, ao contrário do que muita gente pensa. Dá para tirar inúmeras lições de vida nos diálogos simples das personagens... aí é que entra a Dory, de Procurando Nemo (Finding Nemo, em inglês). A desmemoriada e fofíssima personagem azul vive uma nova aventura a cada vez que respira. Isso porque sofre de "perda de memória recente", rsrsrs.

Lá pelas tantas, quando o pai do Nemo já perdeu as esperanças de reencontrar o filho levado por um mergulhador, a Dory profere as palavras que iniciaram o post de hoje... Quanta sabedoria! A gente se pega desesperado quando as coisas não se resolvem como a gente queria, ou saem do controle, acaba paralisado, mas nada disso resolve o problema... o negócio é aceitar a dificuldade e seguir em frente.

Demorei um tempão para perceber que basta continuar nadando. Mas agora que eu aprendi, com licença... tá na hora de continuar nadando...