segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Definitivamente

É quase uma equação matemática... mas a minha soma de 2+2 não dá 4 faz tempo!

Reeducar-se em termos de alimentação, implantar uma rotina séria de atividades físicas, tudo isso parece coisa do outro mundo, mas não é. É matemática mesmo... Mais exercícios, menos ingestão, é igual a vida saudável... e de quebra, uma silhueta longilínea que faz bem aos olhos.

Percebi que sou adepta do "tudo ou nada": ou estou matriculada em mil atividades, ou jogada na cama numa tormenta mental, culpando ou arrumando desculpas a mim mesma pelo sedentarismo.

Culpar a genética, a disfunção na tireóide, o tempo exíguo... de que adianta? Resolveu, em todos esses anos? Não, claro que não. O que resolve é atitude, e foi o que levei para a cama ontem à noite... a determinação de que só eu posso fazer diferente, mas claro, com apoio de anjos como a Socorro, a Layle e o meu amado. Este, por sinal, em tese nem poderia me acompanhar, mas o fará só para que eu não desista antes mesmo de começar a pegar gosto pela coisa.

Em termos de atitude, combinei com a senhora que faz o café no escritório: trouxe uma garrafinha de 250ml, térmica, e ela a partir de hoje vai separar café sem açúcar. Comprei um Linea (adoçante à base de sucralose) e providenciei um cantinho na sala dos advogados, quase um ponto para o café, rs.

Segunda-feira, o dia internacional da dieta, o dia em que resolvi que lamentar não vai fazer os dígitos da balança sorrirem para mim.