terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O desapego revitalizante

Várias contagens regressivas começaram no último sábado... 

...30 dias para o novo ano;
...12 dias para as merecidas férias;
...um dia a menos, rumo ao happy beginning.

Ciente de que cada amanhecer traz consigo uma caixinha de boas surpresas, e nos aproxima mais e mais dos nossos sonhos e objetivos - pessoais e em comum - sigo batalhando com a ansiedade e suas consequências ruins. Esperança parece uma palavra bem adequada para combater tal cenário.

E recapitulando a minha vida, tenho enfrentado a inércia em vários segmentos. O peso extra, o guarda-roupas entulhado, a bagunça que acumulava aqui e acolá, papéis que precisavam de arquivo. Devagarinho, a coisa vai fluindo naturalmente, e o meu universo particular vai revitalizando.

O processo de desapego genérico continua... como diria Caio Fernando Abreu: "Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar  o coração com alguém que não lhe serve. Perda de espaço, tempo, paciência e sentimento. Tem tanta gente interessante por aí querendo entrar. Deixa. Deixa entrar: na vida, no coração, na cabeça."
 
Agradeço a Deus todos os dias por ter deixado o Joao entrar... e transformar tudo ao redor.