quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A difícil missão de não me incomodar

Na qualidade de geminiana, tenho a dizer que extremos fazem parte da minha vida desde sempre... essa parada de "caminho do meio" fica para quem consegue, pois eu reconheço que sou incapaz de um equilíbrio nesse nível.

Bom, mas a terapia está aí para me desafiar, não é verdade? E eis que na última sessão [pausa para a locução do Selton Melo, hahahaha, "nos capítulos anteriores de Sessão de Terapia"], decidi que precisava pedir ajuda para não surtar e sair por aí jogando pedra na lua [porque pedra nos outros, hahahaha, eu jogo!]. 

De fato, sou do tipo crítica, que se incomoda, e reclama, e reclama, e reclama. Como ela disse: não que eu esteja equivocada em minhas colocações, observações ou pedidos; as pessoas é que se tornaram surdas aos meus apelos, e me rotularam de chata; daí porque perdem oportunidades, abrem espaço para erros que podem ser irreparáveis. 

Mas e aí, Bial? fazer o quê? Já gritei, briguei, surtei, e nada melhorou; já calei, e igualmente não resolveu. Uma solução razoável que me foi apresentada - bem distante da que eu havia imaginado - foi a de calar dentro de mim a "neura": está sujo? desabando? as cadelas podem fugir por causa do portão aberto? Ok, ok, muita calma nessa hora... como diria uma frase famosa: "faça o possível e aceite o improvável". 

Pois bem, houve duas oportunidades em que pude exercer o autocontrole, e tenho a grata satisfação de compartilhar que obtive êxito em ambas. Fácil não é, exige de mim uma capacidade de parar e respirar, antes de sequer franzir a testa. Mas, como a vida é feita de pequenas conquistas, cá estou, firme e forte no propósito de não permitir que terceiros determinem a minha forma de agir.

Ah, claro, um alerta merece ser lançado: não é porque estou promovendo mudanças comportamentais, que a partir de então serei santa ou darei a outra face. NANANINANÃO. A sugestão permanece: não mexa com o que está quieto, e não pise no meu calo que eu te entorno feito água (como diria a música da Ana Carolina).