terça-feira, 3 de setembro de 2013

Do Deus surdo - Paulo Coelho

Li e a identificação foi imediata... compartilho aqui no blog:

Do Deus surdo

seg, 02/09/13
por Paulo Coelho |
categoria Todas

O guerreiro da luz vê-se, de vez em quando, andando pelas ruas sem qualquer destino. Nestes momentos, ele pensa:

"Nada do que planejei está acontecendo. Dei o melhor de mim, segui meus son­hos, fui fiel a Deus. Entretanto, as coisas parecem não caminhar para frente, os esforços não estão sendo recompensados".

"Deus parece que está surdo e não escuta minha voz", diz o guerreiro com uma certa amargura.

Neste momento, a melhor coisa que ele deve fazer é sentar-se num bar e pedir um café. Depois de alguns momentos irá entender que o tempo de Deus não é igual ao seu tempo.

Em algum lugar do Universo, milhares de anjos estão se moven­do e caminham para ajudar todos aqueles que seguem seu coração.