sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Sobre alvos e atitudes

"O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis."
José de Alencar

Não é segredo que eu funciono melhor se escrever sobre o que penso, o que sinto; processo informações, emoções, e converto em textos que me ajudam a seguir em frente. Pouco importa se é sobre o relacionamento, ou dificuldades profissionais, pessoais, familiares, conflitos internos... vai tudo para o liquidificador mental, rsrsrs.

Hoje, procurando frases para as placas de homenagens para o evento da empresa (porção marketing mode on), a supra citada me chamou a atenção, porque se encaixa sem esforço na situação da minha relação com João. De fato, há muitas coisas admiráveis em nossa história juntos... o alvo [ainda] não foi atingido, é óbvio, mas o saldo é positivo.

Claro que os obstáculos são muitos, pesados, aparentemente intransponíveis; porém, a filosofia da água finda por se aplicar com maestria. O bloco do "vamos ser chatos e atrapalhar" insiste em querer passar e por vezes altera a ordem e o cronograma, mas não tem vez, nem voz, não como julga ter... quando é impossível resistir, ceder não significa desistir, mas sim reunir condições para a próxima afronta.

Nenhum de nós achou que seria fácil, porém, juntos, somos sempre mais fortes e capazes. É a crença, a certeza firme na unidade, que abranda as dificuldades da vida. Tudo, obviamente, pautado no diálogo franco, no companheirismo, na compreensão, no amor. Afinal, como diz a música: um mais um é sempre mais que dois.