segunda-feira, 18 de junho de 2012

Diário de viagem SP: No dia 07, 31

Dia 07 de junho eu acordei com 31 anos, noutra capital, embaixo de camadas e camadas de cobertas, com pés calçados em meias providenciais. O que me retirou dos braços de Morfeu foi o Facebook; melhor dizendo, os avisos sonoros no celular, de recados novos. A preguiça ainda permitiu uma hora e um tantinho mais de aconchego quentinho.

O dia do nascimento é, via de regra, algo especial, diferenciado e quase mágico. Mas se a sua madrinha estiver na jogada, pode aguardar um dia de felicidades elevado ao quadrado! A começar pelo presente dela: uma mega caixa para guardar esmaltes. Sensacionalmente a minha cara!!!

Tal como era criança, pude escolher onde almoçar. Não pensei duas vezes: Outback, ainda que tenha nos custado uma espera homérica (em companhia da cebola tradicional da casa, hummmm!), e o almoço tenha ocorrido lá pelas 16h. Ao final da refeição, o tradicional "parabéns" dos garçons, com colheres e muitos sorrisos, além de um petit gateau de brinde, rsrs.

Um passeio no shopping (coisa que eu quase não gosto, rsrs), e retorno para tomar banho e partir para o grand finale da noite: fondue. Claro, eu já havia degustado a iguaria, mas n-a-q-u-e-l-e frio, tudo fica incomparável! 

A satisfação de receber primos, tios e agregados... nossa, que máximo! E foram horas de risos, confusões sobre as cores dos garfinhos, um vinhozinho e muita, muita conversa boa. Até o fechamento da casa, rsrsrs, fizemos barulho e demos trabalho, rsrsrs. A conta ultrapassou os 4 dígitos, para meu espanto... enfim. Foi tudo tão interessante, diferente, maravilhoso... inesquecível.

Nem doeu dizer "31 anos" depois disso tudo...